5 sinais de câncer de mama que não têm nada a ver com caroços

Por Charlotte Hilton Andersen – Women’s Health EUA

Foto Shutterstock

Você sabia que é possível detectar sinais de câncer de mama que não têm nada a ver com caroços? Foi o que aconteceu com a norte-americana Meghan Hall, de 34 anos, que descobriu seu diagnóstico sem que ela ou seu médico tivessem sentido a presença de algum nódulo. “Eu notei algo verde escorrendo na frente da minha camiseta. Eu não pensei nada sobre, até que tentei tirá-la e vi que ela estava presa ao meu mamilo”, relata Meghan. “Meu peito estava vazando um fluido verde!”

É isso mesmo: o sintoma de câncer de mama de Meghan foi um fluido verde que saiu de seus mamilos – e sua experiência não foi a única. De acordo com a pesquisa preliminar apresentada na conferência de 2016 do UK National Cancer Research Institute’s (NCRI), no Reino Unido, uma em cada seis mulheres que descobriu o câncer foi com base em um sintoma menos óbvio que a presença de um caroço, como anormalidades nos mamilos e perda de peso, por exemplo.

Leia mais

Em tratamento de câncer, Ana Furtado mostra motivação para treinar
Estudo revela o que a insônia tem a ver com o câncer de mama
Eu venci um câncer: Nossa redatora-chefe conta como uma “gastrite” mudou a sua vida

“É importante ficar atenta a quaisquer mudanças que possam estar ocorrendo, além de acompanhar suas mamografias e exames anuais”, diz Neelima Denduluri, doutora e presidente associada do The U.S. Oncology Network Breast Committee (EUA). “Por isso a importância de examinar seus seios como um todo, acompanhando sempre sua aparência e como você os sente. Assim, será possível notar qualquer alteração, independentemente de ser câncer ou não”, acrescenta. Ela indica abaixo outros possíveis sintomas da doença.

5 sinais de câncer de mama que não têm nada a ver com caroços

1. Pele com escamação, irregular ou inflamada

Você conhece seus peitos e todas as suas pequenas peculiaridades. “Portanto, se você notar alguma mudança em sua aparência normal, preste atenção”, orienta Debra Patt, ginecologista e obstetra especialista em câncer de mama no Texas Oncology, do The US Oncology Network (EUA). “Qualquer sinal incomum, vermelhidão, inchaço, ondulação ou rugas na pele da mama ou ao redor do mamilo deve ser verificado pelo seu médico”, explica ela.

2. Alterações no mamilo

“Somente manequins têm mamilos perfeitos, pontudos e bem comportados. A realidade é que nós, pessoas normais, temos que lidar com diferentes cores e tamanhos, posições, texturas e pelos” diz Neelima. “Tudo isso é normal, desde que você já conheça seus seios dessa forma”, completa. Ela explica: se os seus mamilos têm um formato diferente desde que se desenvolveram, eles simplesmente são assim. Contudo, se eles mudaram repentinamente, é necessário procurar um médico. Qualquer mudança nos mamilos, incluindo cor e textura, precisa ser verificada para descartar o câncer. “E, diga-se de passagem, mamilos com pelos não têm nada a ver com câncer e são totalmente normais! Uma em cada três mulheres tem, mesmo que não admita”, acrescenta.

3. Vazamento pelo mamilo

Há algo mais preocupante do que seus seios esguicharem líquidos quando não há um bebê envolvido? “É normal ‘perder’ leite durante a gravidez, durante a amamentação, e até um ano após o desmame do bebê. Contudo, se você notar qualquer vazamento em qualquer outro momento, você precisa ser avaliada por um médico”, diz Debra. “Líquidos aleatórios, especialmente vermelho, verde ou se tiver algum odor, podem significar que você está com um problema, incluindo câncer de mama ou da glândula pituitária (ou hipófise, glândula pertencente ao sistema endócrino)”, explica ela.

4. Inchaço com dor

Seios inchados e doloridos também podem estar ligados ao câncer de mama. “Tudo está relacionado com o tamanho e a localização do tumor, que pode ser responsável por uma mudança de tamanho ou formato do seu peito”, explica Debra. “A maioria das mulheres que relatam dor nas mamas não tem câncer. Contudo, se isso não tiver relação com seu ciclo menstrual, você não está amamentando ou esse incômodo não desaparece, vá ao médico”, acrescenta.

5. Alterações que não estão relacionadas aos seus seios

Dor nas costas, no pescoço e perda de peso inexplicável são outros sintomas que levaram mulheres a procurar atendimento médico e obter o diagnóstico de câncer de mama, segundo o estudo do NCRI. Isso porque essa doença pode se espalhar antes de ser detectada, causando sintomas em partes do corpo que não têm relação com os seios. Não é possível identificar todos os possíveis sinais de câncer de mama – essa lista seria longa demais para ser significativa. Então, quando se trata de detecção precoce, você é sua melhor arma”, aponta Neelima. “No geral, qualquer alteração persistente e perceptível deve ser verificada por um médico”, completa.