Estudo revela o que a insônia tem a ver com o câncer de mama

Pode clicar, não é fake news – na WH você pode confiar

shutterstock

Em estudo populacional conduzido pela Norwegian University of Science and Technology, da Noruega, monitorou 33 mil mulheres ao longo de 15 anos a fim de investigar evidências e dados sobre o câncer de mama. Dentre as 862 participantes da pesquisa que desenvolveram a doença, todas revelaram sintomas de insônia e a dificuldade de iniciar e manter o sono.

Apesar do grupo também apresentar hábitos nada saudáveis como a falta de atividade física, ingestão frequente de bebida alcoólica, tabagismo (em algum momento da vida) e IMC (índice de massa corpórea) superior ao das mulheres que não desenvolveram a doença, a conclusão dos especialistas é unânime: distúrbios de sono são vilões a serem combatidos pelas mulheres para evitar a doença.

COMPARTILHAR