O que acontece se acidentalmente eu comer um alimento com mofo?

Por Aryelle Siclait – Women’s Health EUA

Foto Shutterstock

Poucas coisas doem tanto quanto a traição de uma comida amada. Você morde um sanduíche ou um pedaço de fruta e, quando está preparada para engolir, percebe que ele está coberto de mofo. E agora? Você cuspe imediatamente? Lava sua boca? Liga para sua mãe?

Bem, de acordo com Rudolph Bedford, gastroenterologista no Providence Saint John’s Health Center (EUA), você provavelmente está bem. Mas há algumas coisas que são importantes saber sobre comer mofo, sendo uma delas a rara possibilidade de você ficar doente.

O que acontece se eu comer alimento com mofo?

“Bem, você não vai morrer com isso”, diz Bedford. “E você pode digerir como qualquer outro alimento”, desde que seu sistema imunológico esteja em boa forma.

Mofo, ou fungos microscópicos, se infiltra em produtos vegetais e animais depois de serem transportados por ar, água ou insetos. Ele pode ser perigoso, mas geralmente não é. Além disso, ele até está em alguns alimentos, incluindo presuntos e queijos como o azul, Gorgonzola, Brie e Camembert – que são totalmente seguros para comer, de acordo com o USDA.

Leia mais

O que o seu cocô diz sobre sua barriga?
Mulher não come há 16 meses por vomitar tudo que ingere

Mas e as coisas verdes ou brancas difusas nos vegetais? Isso pode fazer você se sentir mal, mas Bedford diz que isso é mais provável porque o mofo tem um gosto ruim, não por causa de qualquer toxina em particular.

Antes de se apressar em ligar para o médico, o profissional indica esperar e ver se seus sintomas vão além da náusea. “O estômago é um ambiente hostil. Então, normalmente, a maioria das bactérias e fungos não vai sobreviver”, explica ele.

Mas o que eu faço se ficar doente?

“É muito incomum que você fique realmente doente de mofo”, diz Bedford. E nos casos raros que isso ocorre, provavelmente será de grandes quantidades de mofos que não são tóxicos. Seus sintomas incluem náuseas e vômitos persistentes, e é quando você deve ligar para o médico. E em outros casos, “você pode ter uma reação alérgica a alguns fungos e desenvolver alguns problemas respiratórios”, que, segundo Bedford, são temporários e tratáveis.

“Eu posso forçar os pacientes a ter diarréia para tentar limpar o organismo”, explica ele. Outra opção é prescrever medicamentos anti-náusea ou induzir o vômito.

Mas não se preocupe: em seus 30 anos de prática, Bedford diz que nunca viu ninguém morrer ou precisar de tratamento mais intenso devido ao mofo.

Mas e se eu apenas cortar o mofo da comida?

Depende da comida. Todos os mofos têm “raízes” que invadem os alimentos, de acordo com o USDA, embora só vejamos seus topos descoloridos. Essas raízes permitem que as toxinas (se houver) se espalhem por todo o interior, de modo que a melhor opção, segundo Bedford, é jogar a comida fora, independentemente de onde você veja o mofo.

Alguns queijos, salame, frutas e vegetais, por exemplo, ainda podem ser comidos, uma vez que é mais difícil para o mofo penetrá-los profundamente, de acordo com o USDA. Embora os mofos não sejam mais “seguros”, você pode “cortar pelo menos 1 polegada ao redor e abaixo do local em que ele está”. Apenas certifique-se de manter a faca fora do mofo e retirá-lo completamente

Alimentos que você pode comer se tirar o mofo:

Queijos duros
Salame duro
Frutas firmes
Legumes

Alimentos para jogar fora se você tiverem mofo:

Queijos macios (que não são para ser mofados)
Frutas moles
Assados
Legumes
Nozes
Iogurte
Geleias
Carne

Como posso evitar que o mofo se forme?

Refrigerar, refrigerar, refrigerar. “O crescimento do mofo é incentivado por condições quentes e úmidas”, segundo o USDA. Ok, eles podem crescer na geladeira também, apenas mais lentamente, e quando os esporos de fungos secam, eles flutuam no ar e encontram condições de gerar alguns “amigos”. Assim, o USDA recomenda manter seu refrigerador limpo, manter o nível de umidade da casa abaixo de 40%, examinar os alimentos antes de comprá-los, comprar alimentos em pequenas quantidades para que o mofo não tenha tempo de crescer, cobrir alimentos com plástico e comer sobras apenas dentro de três a quatro dias.