Cisto no ovário: 7 sintomas que você não deve ignorar

Por Ashley Mateo – Women’s Health EUA

Cisto no ovário
Foto Shutterstock

Pense em cisto no ovário como espinhas do sistema reprodutivo: principalmente as que são, às vezes, dolorosas e irritantes.

Normalmente, seus ovários se agitam de acordo com o cronograma menstrual. Mas, às vezes, eles podem desenvolver cistos ovarianos – pequenos sacos cheios de líquido ou tecido.

Mais um pouco sobre o cisto no ovário

“A grande maioria desses cistos é benigna. Eles vêm e vão com o seu ciclo menstrual e não precisam de mais cuidados”, explica Taraneh Shirazian, ginecologista da NYU Langone Health (EUA), especializada em cirurgia ginecológica minimamente invasiva.

Segundo o Office on Women’s Health (EUA), você provavelmente nem percebe, mas a maioria das mulheres tem pelo menos um cisto a cada mês, devido aos seus períodos.

“Contudo, algumas vezes estes cistos são muito grandes ou simplesmente não desaparecem sozinhos”, aponta a profissional. Nesses casos, a cirurgia pode ser necessária para que eles não se tornem cancerosos ou causem muitos sintomas infernais.

Leia mais

Médico remove ovários de mulher por achar que “ela não precisava” deles
7 possíveis sintomas de câncer de ovário que você jamais imaginaria
5 fatos que toda mulher deveria saber sobre os seus ovários

E “infernal” não é um eufemismo. Se um cisto começar a causar problemas, você sentira. Além disso, sem tratamento os cistos problemáticos podem se romper ou até crescer o suficiente para fazer o ovário “torcer-se ao redor das tubas uterinas”, de acordo com o American College of Obstetricians and Gynecologists (EUA). Isso é conhecido como torção ovariana, que pode causar dor súbita intensa e a possível perda do ovário.

Felizmente, esses cistos pequenos podem mostrar alguns sinais. Veja com o que você deve ficar atenta para que possa ligar para seu médico o mais rápido possível caso necessário!

1. Você tem uma dor pélvica terrível

“O sintoma de cisto no ovário mais comum é a dor no lado inferior direito ou esquerdo da pélvis, exatamente onde estão os ovários”, diz Shirazian. E ela não desaparece. “Você pode sentir isso quando você se exercita ou quando faz sexo. Contudo, será uma dor constante naquele lugar específico e que permanece mesmo depois que o ciclo menstrual desaparece.”

“Se a dor se tornar grave ou mesmo insuportável, é um sinal de que você pode ter uma torção ovariana”, diz Shirazian. “Quando isso acontece, ele corta o suprimento de sangue do ovário, o que causa uma dor realmente ruim”, completa ela.

2. Você está se sentindo super-inchada

O inchaço é obviamente um sintoma vago, mas pode estar relacionado a cistos ovarianos, dependendo do tamanho. “A maioria das mulheres apresenta cistos abaixo de 10 centímetros. Mas alguns cistos podem se tornar muito grandes, como o tamanho de uma melancia”, diz Eloise Chapman-Davis, oncologista ginecológica da Weill Cornell Medicine e New York-Presbyterian (EUA).

“Muitas vão considerar isso como ganho de peso, mas a dor abdominal e o inchaço podem ser o resultado de uma massa crescendo no estômago. Então, se o peso é apenas nessa região, ou você não conseguiu descobrir porque está ganhando peso, isso é uma bandeira vermelha.”

3. Você se sente cheia o tempo todo

Como com miomas uterinos, cistos ovarianos podem causar sensação de peso no abdômen. “Um cisto é uma massa e está ocupando espaço, o que pode lhe dar essa sensação de pressão”, explica Shirazian.

Claro, você pode ter um sentimento um pouco semelhante com a constipação. Contudo, a menos que você tenha cistos em ambos os ovários, essa sensação só vai atingir um lado da sua pélvis. “Se sua frequência no banheiro são é boa, mas você está se sentindo assim por duas a três semanas, vale a pena descobrir se um cisto ovariano pode ser o culpado”, diz Chapman-Davis.

4. Você não quer fazer sexo porque dói

Aqui está uma verdade: o sexo nunca deve doer. Então, se isso acontecer, significa que algo está errado. Se você está fazendo sexo com penetração e sente dor de um lado em relação ao outro, há uma chance de estar relacionada a um cisto ovariano.

“Alguns cistos, quando ficam grandes, podem ficar para trás do útero e, nesse caso, estão bem ao lado do colo do útero”, diz Chapman-Davis. Então você pode sentir dor com penetração profunda.

“Endometriomas (cistos ovarianos relacionados à endometriose) também podem causar dor durante o sexo, porque eles estão localizados mais perto do colo do útero”, acrescenta.

5. Você sente que tem que fazer xixi o tempo todo (mas às vezes não consegue)

Outro sintoma de cistos ovarianos que muitas mulheres mencionam, de acordo com Chapman-Davis, é sentir vontade de fazer xixi o tempo todo. “Se o cisto está empurrando sua bexiga, você pode sentir que precisa urinar”, diz ela. “Ou algumas mulheres sentem que precisam ir com mais frequência, mas é mais difícil para elas”, por causa de um bloqueio do cisto.

6. Você tem constantes dores nas costas ou nas pernas

É claro que a dor nas costas ou nas pernas pode ser atribuída a muitas coisas diferentes, mas se o seu médico descartar todo o resto, vale a pena considerar um cisto ovariano como razão.

Isso porque eles podem machucar suas costas ou pernas quando ficam muito grandes. “Você não tem muito espaço em sua pélvis, então quando um cisto fica muito grande, dependendo de onde ele está, pode levar a dor para as costas ou na perna”, diz Chapman-Davis. Ela também explica que os cistos podem comprimir os nervos que correm ao longo da parte de trás da pélvis.

7. Você está com sangramento fora do seu ciclo normal

Quando os cistos ovarianos se desenvolvem, podem mexer com seus hormônios. Mulheres com síndrome do ovário policístico – o que basicamente significa que desenvolvem vários pequenos cistos nos ovários –, podem apresentar bastante sangramento irregular, seja pela ovulação frequente ou pela falta de ovulação. .

“Isso acontece devido a um desequilíbrio de estrogênio, progesterona e testosterona”, explica Alyssa Dweck, ginecologista e obstetra (EUA). “Se você tem outros sintomas comumente associados com essa síndrome, como ganho de peso, problemas de fertilidade e acne, é melhor buscar um médico.