O que é pior: dormir com fome ou comer de noite?

Por Macaela Mackenzie - Women's Health EUA

Foto: Shutterstock

São 21h30 e você tem meia hora para ver seu programa favorito antes de dormir. De repente, sente a maior vontade comer uma barra de chocolate. E agora: é melhor dormir com fome ou comer à noite?

Segundo especialistas, essa resposta não é tão simples. “Para um bom sono, é melhor não dormir com muita fome ou muito cheia”, explica Lisa Moskovitz, nutricionista nos Estados Unidos. É difícil pegar no sono quando tudo que você consegue pensar é no buraco em seu estômago. Contudo, se alimentar muito tarde pode causar estragos ao seu corpo.

Leia mais

Deixe de comer esses 5 alimentos à noite para perder peso
6 hábitos da hora de dormir que te ajudam a emagrecer

“Comer antes de dormir causa má digestão, inchaço e sono inadequado. Consequentemente, isso tudo leva a baixos níveis de energia e fadiga”, diz ela. Além disso, com o passar do tempo, noites mal dormidas facilitam o ganho de peso. Isso vale, especialmente, se você está acostumada a comer calorias vazias ou em excesso à noite.

Então, o que eu devo fazer?

Para descobrir, meça sua fome em uma escala de um a 10. Um significa que você está satisfeita e 10 está com muita fome. “Se você está acima de seis, melhor comer um lanchinho antes de dormir. Opte por algum que tenha menos que 200 calorias”, diz Moskovitz.

Se a sua fome está em cinco ou menos, “tome um copo d’água ou um chá quente e vá dormir”, diz ela. “Na maioria das vezes, a vontade de comer após o jantar não é causada por uma fome verdadeira, mas por tédio ou estresse.”

Se você realmente sente fome à noite, prefira um lanche integral e de baixa caloria como uma torrada de grãos, cereal com bastantes fibras ou pipoca. “Carboidratos integrais ajudam a liberar serotonina no cérebro, o que faz com que você se sinta calma e pronta para dormir”, afirma Moskovitz.

Independentemente do que você faça, fique longe dos alimentos repletos de proteína ou gordura – isso significa nada de pasta de amendoim naquela torrada ou manteiga na pipoca –, uma vez que eles demoram mais para serem digeridos e podem atrapalhar seu sono.