#Escapes: Minha fuga secreta próxima à cidade

Por Cacá Filippini

#escapes
Foto Eduardo Sena

Você já deve ter ouvido a expressão em Inglês: “Thanks God It’s Friday” – (“Graças a Deus, hoje é sexta-feira”). Aqui no Brasil, abreviamos para a famosa hashtag #sextou, que é usada na maior parte dos posts de happy hour, baladinhas ou simplesmente, aquela foto tirada do sofá frente ao Netflix. Até aqui, tudo bem. Mas como ficam os nossos ânimos diante de uma nova semana? Só de pensar nisso domingo à noite…

A síndrome da segunda-feira não é real e preocupa médicos, especialistas e empresas de modo geral. Segundo uma pesquisa de Harvard, a exigência e a pressão no trabalho, somados á desvalorização do profissional e a perda de tempo no deslocamento em grandes centros urbanos, são os principais motivos para sofrermos desse problema.

A ausência de atividades de “válvula de escape”, férias ou momentos para si, a intensificam ainda mais. Por isso, especialistas recomendam que aproveitemos bem nossos dias de descanso. Devemos apostar em atividades que nos proporcionem bem estar e elevem nossa qualidade de vida.

Um dos meus #ESCAPES favoritos está perto de São Paulo, em meio à natureza da Serra da Mantiqueira, a qual apelidei de “My Secret Spot” (meu lugar secreto, em tradução). É ali que me desligo e me permito viver conectada com o que me faz bem.

Foto Eduardo Sena

Na pequena cidade de Santo Antonio do Pinhal, ao pé da Serra de Campos do Jordão, interior de SP, caminho do Sul de Minas Gerais, está o Bairro dos Mellos. Distante da badalação, caminho entre árvores, rumo ao meu “Slow Breakfast” – um café da manhã, tipico de fazenda, com produtos orgânicos e feitos pelo Chef Lima do Empório dos Mellos.

Leia mais #Escapes

#Escapes: que tal aliviar o estresse flutuando?

Brinco que ali a fruta tem gosto e cheiro de fruta, daquelas que você sente o perfume à distância. O ovo caipira é amarelo, quase que laranja. E as geléias são sazonais, feitas com a fruta da estação.

O canto dos pássaros e a tranquilidade do local, me aquietam. O café, de temperatura fria, é saboreado puro e já é naturalmente adoçado. É praticamente um ritual, um momento único.

Sinais de celulares não são bem-vindos ali: oscilam o tempo todo, reiterando o convite da conexão comigo mesma.

Foto Eduardo Sena

Região de serra, subidas e descidas fazem parte do caminho. Os trajetos são ótimas opções para a atividade física a qual estou acostumada. São 3km de descida na ida e 3km, suados, de subida no retorno.

Pela manhã, leio um livro, brinco com meu filho mais novo ou participo de alguma atividade do local, proposta pelo Espaço Cultural Luz Azul, comandado pelo Empresário Oskar Kedor, membro do Airbnb.

Com a proposta de trazer mais cultura e visitantes para o bairro rural de Campos do Jordão, o empresário elabora calendários de atividades que trazem desde um papo na fogueira e um cinema ao ar livre até a experiência da Caminhada Fotográfica, que vivi com a fotógrafa Carol Pires.

Com o foco de ampliarmos nossas formas de produzir imagens e compartilhar experiências através de estudos sobre técnicas fotográficas, composição de cenário e cores, exploramos as paisagens da região e estimulamos o nosso processo criativo.

Outra coisa que me encanta na região é estar próxima aos produtores locais, para poder comprar itens orgânicos e regionais.

Leia mais #Escapes

#Escapes: uma pausa para o SPA e sua história

Ao lado da Chef Anouk, apoiadora dos produtores e proprietária do Restaurante Donna Pinha, tive o prazer de visitar uma produção de physalis, colher os frutos direto do pé e saborear pratos com essa frutinha que traz muitos benefícios à saúde, inclusive auxiliar processos de emagrecimento por ser rica em água, vitaminas, fibras e minerais.

Mais recentemente, deu-se início ao Festival da Alcachofra, que faz com que vivamos mais uma experiência sensorial de grande valia.

Defensora de uma vida equilibrada que sou, vejo a gastronomia como uma escapada bem bacana. Afinal, é à mesa que nos reunimos com a família, com amigos, com nossa cara metade. Por isso, esses momentos devem sim ser aproveitados e podem ser uma excelente escapadinha.

Eleja um refúgio, algo que te dê prazer aos finais de semana. Faça menos do mesmo e fuja da Síndrome da segunda-feira. #GoEscapes e viva melhor!