Ejaculação feminina: verdade ou mito?

Entenda como o corpo de algumas mulheres pode reagir com alguns estímulos

Entenda como o corpo de algumas mulheres pode reagir com alguns estímulos

Por Christiane Kolb e Tarsila Isabela

Afinal, mulheres também ejaculam? Algumas sim. Mas para acabar com as dúvidas, a WH te explica melhor como funciona esse processo.

Vamos do início. Normalmente, as paredes vaginais cuidam da umidade com as chamadas glândulas de Bartholin, que produzem a lubrificação que desemboca na vulva. Mas há mulheres que trazem um elemento extra para o jogo — não é urina, mas um outro tipo de líquido que vem dessas glândulas e corresponde, cientificamente, à secreção que compõe um terço do esperma, produzida pela próstata masculina. Embora o gatilho para expelir esse líquido seja o mesmo dos homens (o orgasmo, claro), o nosso sai em forma de gotículas, seja com um intervalo entre elas ou de maneira intermitente. Elas às vezes são totalmente perceptíveis, outras sequer são notadas.

COMPARTILHAR