#Escapes: 6 dicas para passar mais tempo em família

Por Cacá Filippini

Foto Arquivo Pessoal

Quando crianças, contamos os dias para o início das férias. Não apenas pelo fato de não termos que acordar cedo para ir à escola, mas, acima de tudo, porque queremos passar mais tempo com nossos pais, que muitas vezes, no dia a dia, estão absorvidos com os compromissos da vida adulta e não conseguem nos dar tanta atenção.

Ao nos tornarmos adultos, somos “engolidos” pelas tarefas que nos cabem. Já ao nos tornarmos pais, muitas vezes, cumprimos tais tarefas, no modo automático. Acordar, fazer o café da manhã, levar pra escola, levar para o curso, dar almoço, fazer lição de casa e tudo que está no pacote, nem sempre é algo fácil. Nos tornamos pais e mães cada vez mais multifuncionais e não dedicamos nossa atenção por completa em apenas uma função. Daí, férias, em geral, contemplam a possibilidade de aproveitarmos mais nossos filhos e nossos filhos a nós.

Desde que idealizei o #Escapes, proponho situações que nos conectem mais ao que realmente importa. Hoje, como mãe, não me esqueço que sou filha também, e mesmo bem grandinha, estar com meus “velhinhos” é algo que me traz um enorme bem estar.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Family Matters Institute estar em família aumenta a felicidade, o senso de pertencimento ao grupo familiar e impacta positivamente nossas escolhas ao longo da vida.

Pensando nisso, trago na matéria de hoje 6 dicas para ficar mais e aproveitar melhor seus momentos em família.

6 dicas para passar mais tempo em família

1. Reserve um tempo diário, mesmo que curto, para estar de corpo e alma no convívio familiar. Deixe o celular, tablet, televisão e qualquer interferência externa fora desse momento. Com os filhos, proponha uma conversa a respeito de seu dia. Incentive-os a falar sobre suas conquistas, bem como seus desafios. Com seus pais, se não puder vê-los diariamente, passe a mão no telefone e diga o quão especial são, mesmo que seja apenas com um “como você está?”. Pais não duram para sempre e fazem falta quando não estão mais entre nós, então aproveite-os enquanto há tempo;

2. Assista filmes ou séries em família. Eleja com a ajuda dos filhos uma série que seja bacana para todos e acompanhem o desdobrar da trama juntos. Além de permitir que passem mais tempo juntos, também cria assuntos em comum. Para os pais, proponha um cinema ou teatro. Geralmente, as pessoas levam seus filhos para ver as estreias no telão, mas assistem filmes antigos na tv de casa com seus pais.

3. Preparem comida juntos. Essa é uma excelente opção para juntar a família toda e, de forma leve, preparar pratos simples como bolos e brigadeiros.

4. Faça refeições em família, mesmo que sua rotina te deixe muito tempo fora de casa. Procure tomar café da manhã na mesa, com todos. E separe ao menos um dia da semana para uma refeição mais longa, em uma mesa bem posta e servida com muito carinho a todos. Tal atitude faz com que se sintam especiais e curtam esse momento integralmente.

Leia mais

#Escapes: Um mergulho nos mistérios da Riviera Maya, no México

5. Forme uma equipe com todos para realizar as tarefas de casa. Isso mesmo! Atribuir tarefas de acordo com a idade de cada um incentiva-os ao senso de responsabilidade, trabalho em equipe, disciplina e amor em casa. Com os pais, dedique algum tempo ajudando-os em suas casas, além de sinal de amor, eles se sentirão cuidados.

6. Organize uma viagem com seus pais e seus filhos, de preferência, com algum significado familiar e não apenas com a intenção de levar alguém para ajudar com as crianças. Dessa forma, as lembranças ficarão registradas em todos e os dias fora de casa serão de maior interesse de todos.

Foto Arquivo Pessoal

Recentemente, decidi levar meus pais de volta ao começo da relação deles. Mais precisamente, de volta há mais de 40 anos, quando eu ainda nem estava nesse plano.

Desde pequena, escuto meus pais contarem que passaram sua lua-de-mel em Monte Verde, há 164 km de São Paulo e 459 km do Rio de Janeiro.

Leia mais

#Escapes: 12 razões para escapar para dentro de um livro

Com intuito de fazer com que meus filhos conhecessem um pouco mais de minha história – e, consequentemente, da deles também –, voltei onde tudo começou. Escolhi um local que nos permitisse atividades em família, bati as agendas, fizemos as malas, entramos no carro e partimos rumo ao Roots Resort.

Com o slogan “Reconecte-se” e uma área de 60 mil m², posso dizer que nos conectamos, literalmente, a nós mesmos: a mim como filha, ao meus pais como casal e, claro, aos meus filhos como parte de uma família que tem raízes e histórias. Pausamos nosso cotidiano e mergulhamos na nossa essência.

Foto Arquivo Pessoal

Longe da agitação da cidade, eu e meus filhos pudemos imaginar com riqueza de detalhes como tudo começou ao ouvirmos meus pais descreverem como era a cidade, relembrando os lugares que visitaram e como eram naquele tempo.

Curtimos um café da manhã com direito a tudo, sentados na mesma mesa e sem hora pra levantar dali. Aproveitamos também para colocar o papo em dia durante as imersões na jacuzzi a 36º C.

Leia mais

#Escapes: A surpreendente Pedra Azul no Espírito Santo

O mergulho na piscina ganhou mais diversão com uma boia gigante em formato de pizza que levei comigo. Era um tal de um derrubar o outro para curtir o sol dali…

Foto Arquivo Pessoal

Torcemos a cada cesta feita no jogo de basquete entre irmãos. Vivenciamos o pôr-do-sol e o cair da noite despretensiosamente, apenas observando o momento e a beleza da natureza. Engordamos juntos, afinal, montanha é sinônimo de fondue e muitos comes.

Brindamos à união dos meus pais, minha existência e ao momento entre as três gerações.

Foi nesse espaço de grande área nativa, com fonte de água potável e árvores centenárias, que caminhamos juntos, fortalecemos nossos laços e despertamos para um bem-estar maior. Afinal, o tempo que passamos juntos não deve ser visto como uma tarefa a ser cumprida, mas sim como algo agradável e que nos proporcione prazer!

E você, está conectado à sua família?

Vídeo: Edição final por Claudio Paulino