#ESCAPES: Uma pausa para aliviar o Estresse Crônico

Por Cacá Filippini

estresse crônico
Foto: Shutterstock

Hoje o nosso #escape começa propondo uma reflexão baseada na imagem acima e em 3 (três) perguntas, relacionadas ao estresse crônico:

– Essa imagem retrata seus dias ou episódios frequentes os quais você vivência?

– Você se considera estressada (o)?

– Como você lida com o estresse diário da vida moderna?

Que não é novidade para as pessoas que vivemos sob constante pressão atualmente, ok. Contudo o que talvez não saibamos é que o estresse (ou stress) é uma doença e pode se tornar crônica se prolongada.

Forçados aos extremos no dia-a-dia, muitas vezes da hora que acordamos até o momento que vamos dormir, estamos hiper acelerados e nos dividindo de modo a executar multitarefas. Cobranças profissionais, desafetos pessoais, frustrações trazem dores, às quais lutamos ou fugimos nos emergindo em mais e mais atividades para ocupar o tempo.

Presente tanto na vida das crianças quanto dos adultos, o estresse tem causado problemas sérios de saúde.

estresse-sintomas
Foto: Reprodução

Meu momento de respirar

Ao final de 2019, decidi parar e respirar. O ano voou. E embora tenha praticado o fazer menos do mesmo, me desconectar da tecnologia e me conectar mais a minha família e a mim, senti que estava relutando com algumas situações diárias. Acontecimentos mal curados do passado, estavam me impedindo de “relaxar”.

Me sentia mentalmente cansada, com pouca disposição para a prática de atividade física, sem vontade de sair de casa aos finais de semana e com vontade de dormir mais. Me peguei postergando entregas de projetos por falta de criatividade. Vivi dificuldade em fazer operações simples de matemática e até me perdi, voltando para casa, por caminho habitual.

Embora a desordem que estava acontecendo em meu organismo não apresentasse quadro de irritabilidade ou nervosismo, busquei ajuda profissional e descobri que estava com estresse crônico, quando uma situação de extremo estresse ou um evento traumático ocorrido há mais de 3 meses não foi assimilado e resolvido da maneira correta.

Diagnóstico também confirmado, nos resultados dos meus exames laboratoriais que revelaram um excesso do hormônio cortisol, o hormônio do estresse.

Em busca de solução

Diante do quadro confirmado, parei tudo e escapei por 10 dias para Penedo, região sul do Rio de Janeiro, onde os cariocas Marcos e Josiani Trindade construíram um refúgio de paz no início de 2016, chamado Rituaali.

Rituaali
Foto: Divulgação/Rituaali

Como vocês podem ver, o espaço em si, ajuda a desligar a mente e conectar-se consigo. São 105 mil metros quadrados arborizados, silenciosos aos pés da Serra da Mantiqueira, com 7 chalés e 14 apartamentos. A área inclui piscina, spa, academia, sala de ginástica, restaurante e ampla recepção com lareira. Todo o ambiente possibilita que os visitantes sejam poucos em quantidade e se integrem entre si durante as atividades ali propostas.

Programa de Tratamento do Estresse Crônico

Dentre alguns tratamentos propostos pela clínica e spa, o tratamento do estresse crônico  foi o meu alvo e o de muitos que buscam resolver conflitos e trazer soluções àquilo que incomoda e impede viver uma vida mais leve e mentalmente, saudável.

O tratamento mínimo é de uma semana, onde trabalhamos para identificar causas e definir estratégias para controlar o estresse crônico. Isso acontece em sessões coletivas diárias e encontros pontuais com profissionais, como o psicoterapeuta argentino e Diretor do Centro, Juan Carlos Picasso e o psiquiatra Claudio Moraga.

Nesses encontros, nos é proposto a terapia em grupo. Temas trazidos por nós, são discutidos em sua integralidade por todos, sem julgamento. Tudo de modo a fazer com o que o assunto se torne mais leve, ou que nossas reações para com aquele tema sejam abrandadas.

estresse crônico
Cacá Filippini pratica o “fazer nada” durante o Tratamento de estresse Crônico em o Rituaali

Sobre a programação

Apesar de intensa e voltada para o melhor aproveitamento da estada, a programação que nos é entregue no momento do check-in, não é obrigatória. Todo e qualquer esforço depende do seu objetivo ali, sem cobrança de terceiros.  Até mesmo a disciplina de não fazer nada (incluindo, não trabalhar nesse período e renunciar ao celular) fica por nossa conta e responsabilidade.

Isso, aliado a uma alimentação quase vegana (digo quase, pois o mel é utilizado em alguns preparos). Também as atividades físicas diárias (destaco a receptividade e alegria do Professor de Educação Física Claudio Pimentel, que já nos recebe com um largo sorriso e muita alegria ás 6 e pouco da manhã, faça Sol ou chuva). Além das terapias de Spa, com foco no alivio do estresse (com massagens, banhos de imersão e jatos relaxantes que intercalam a temperatura da água) se soma á noites muito bem dormidas. A melhora na disposição é visível em poucos dias.

estresse crônico
Alimentação equilibrada, natural e saudável contribuiu para o alívio do estresse – Arquivo pessoal

O que senti sobre a experiência

Falar de nossos problemas, não é tarefa simples. Nos autojulgamos e nos calamos. Por isso, a experiencia de terapia em grupo, faz com que vejamos nos outros, questões similares às nossas e nos sentimos encorajados á abrir nossos corações. Nos 7 dias de terapias em grupo, vivi diferentes sentimentos e curei feridas que acreditava que já não mais existiam. Encerrei o ciclo, sem pendencias identificadas. Com as razões que me levaram ali, curadas e resolvidas. Ao deixar o Rituaali, me senti pronta para viver um ciclo mais coerente ao meu objetivo de vida e dentro das minhas possibilidades. Aprendi ser mais gentil comigo, me respeitando mais, me cobrando menos e valorizando minhas conquistas mesmo que sejam pequenas.

Aboli do meu pensamento e do meu modo de vida, as afirmações: Tenho que ser forte! Tenho que ser perfeita! E faz parte da vida! E substituí, por: “Apesar dessa dificuldade, eu escolho ser feliz!”, “Apesar de não conseguir o 100%, eu estou progredindo!” e “O que posso aprender com esse acontecimento?”

rituaali
Acordar em meio a Natureza me dá paz!, afirma Cacá Filippini – Arquivo pessoal

Conheci pessoas, fiz amigos que trago para a vida e principalmente, melhorei minha qualidade de vida e daqueles que convivem comigo.

Também vale dizer, que além de deixar o estresse pra trás, deixei 2.8kg.

E aí, e você, vai esperar dar ruim para se cuidar ou já está praticando mais #escapes em sua vida?

Eu sou Cacá Filippini e espero por você na próxima semana, com novos #ESCAPES por uma vida melhor e conectada ao que realmente importa! 😉