Engolir esperma faz bem ou mal? Engorda? Dá alergia?

Por Redação WH

engolir esperma faz bem ou mal
Foto: Shutterstock

Chegou na hora H e ai…engolir ou não o esperma? Esse é um ponto que gera dúvidas e polêmicas pra muita gente. Se por um lado tem gente que não gosta da prática, sente nojo ou tem medo de pegar uma enfermidade, por outro há quem curta, sinta prazer e até acredita que é bom para a saúde. Mas, afinal, engolir esperma faz bem ou mal?

+ Leia mais

Ejaculação feminina: afinal, é mito ou verdade?
É verdade que o gosto do sêmen muda com suco de abacaxi?
Estudo conclui que engolir sêmen reduz chances de aborto espontâneo

Daniel Suslik Zylbersztejn, médico do Departamento de Sexualidade e Reprodução da SBU (Sociedade Brasileira de Urologia), explicou para o site UOL, que o esperma (sêmen) por si só não oferece risco —mas também não existe comprovação científica de que traga algum benefício.

Esperma engorda?

O sêmen contém frutose (açúcar) mas isso não quer dizer que você vai engordar se ingeri-lo. “Ele até tem um pouco de caloria, só que a quantidade que será consumida é tão pequena que não será suficiente para ganhar uns quilos”, diz Zylbersztejn.

Estudos mostram que, em um orgasmo, o homem ejacula o equivalente a uma colher de chá (entre 2 ml e 5 ml), e esse volume tem cerca de 10 calorias apenas. Seria necessário ingerir uma quantidade imensa de esperma para aumentar seu peso.

Esperma pode dar alergia?

Sim, é possível. Algumas pessoas são alérgicas ao esperma. “O sêmen é altamente proteico e tem tantas substâncias que pode gerar um processo alérgico em indivíduos mais sensíveis. Isso é mais comum no sexo anal ou vaginal, mas pode acontecer no oral”, relata o membro do Departamento de Sexualidade e Reprodução da SBU.

Segundo o UOL, essa condição é descrita como rara e, quando ocorre, é mais frequente nas mulheres. Entre os principais sintomas estão vermelhidão, coceira, queimação e/ou inchaço nos locais que tiveram contato com o fluído. Em casos mais graves, provoca diarreia e dificuldade para respirar.

Engolir esperma faz bem ou mal?

De acordo com o especialista, o líquido que sai do pênis é composto por uma série de substâncias, dentre elas frutose, vitaminas, proteínas e minerais, além do espermatozoide. O problema acontece quando o homem está infectado com alguma IST (infecção sexualmente transmissível).

Se a outra pessoa tiver qualquer tipo de lesão na boca ou na orofaringe, ao engolir o esperma —ou apenas ficar com ele na boca, ela fica suscetível a contrair infecções. Dentre elas HPV, sífilis, clamídia e gonorreia. Por isso o uso de preservativos, mesmo na relação oral, é necessário!

Para os casais que não abrem mão da ejaculação na boca, o médico aconselha que procurem periodicamente seus médicos de confiança para fazerem os exames necessários e certificarem-se de que estão saudáveis. Caso as pessoas tenham acabado de se conhecer ou se encontrem eventualmente, aí o mais sensato é evitá-la.