Truques do Edu Hyde para aplicar o blush como profissional

Errar nessa etapa do make, pode acabar com toda a produção

shutterstock

Uma maquiagem bem feita e definida não é nada quando o blush não é aplicado de forma correta. Pode parecer um produto simples e com pouca utilidade, mas o blush é mais complexo do que se pensa. A aplicação errada pode acabar com toda uma produção!

A cor perfeita

O tom deve ser leve e natural, para que a face fique corada e, em alguns casos, bem delineado. O que o blush deve trazer de volta o rubor da pele, perdido pela base e corretivo, principalmente nas estações mais frias. Ele deve trazer a cor de saúde que toda pessoa saudável tem.

Truques na aplicação do blush

O modo de aplicação também interfere no resultado e na naturalidade.  A melhor forma é utilizar um pincel de cerdas naturais, que deposita o produto de forma correta. Usar as mãos só vale se for para aplicar um blush em creme, e neste caso, deve ser apenas para uma maquiagem natural, sem preparação de pele, já que a textura retira a camada de base e pó, anteriormente depositada.

Qual o tom?

As mulheres de pele clara devem optar por tons mais naturais, que vão dos beges rosados, pêssego até os tons de terra, sem exagero. As morenas claras devem apostar em tons marcantes, como o rosa, amora e bronze. O pink também fica lindo, só evite os alaranjados. As morenas podem escolher os tons de vinho suave, mas também são válidos os tons de café, rosa pálido e marrom rosados. Já as negras devem usar os tons mais escuros, como os dourados e bronzes, que também ficam incríveis.

A palavra de ordem é não exagerar e usar o produto somente para dar um rubor. O blush deve ser aplicado nas maçãs e não deve usar para a correção. Olhando para o espelho, sorria para elevar as maçãs. Aplique o pó onde salta, que é normalmente onde bate o sol, local em que pessoa fica corada.

COMPARTILHAR