Tendências do mercado orgânico apresentadas na Biofach 2019, na Alemanha

Texto e fotos por Gustavo Negrini

Tendências do mercado orgânico
Foto Shutterstock

Este ano estive pela primeira vez na Biofach em Nuremberg, na Alemanha, a maior feira de orgânicos do mundo. Chegando lá, é importante identificar os 10 pavilhões e estabelecer um roteiro.

É interessante começar cedo, pois como é inverno na Europa, as chapelarias causam grandes filas e acabam ficando sem muito espaço para guardar os pesados casacos de frio.

A feira chama atenção não só pela quantidade de empresas, mas também pelas novidades que apresenta. Abaixo, contarei um pouco mais sobre cada uma delas.

Tendências do mercado orgânico apresentadas na Biofach 2019

Novas proteínas orgânicas / Foto Gustavo Negrini

– Novas proteínas orgânicas, como a de linhaça e as de gergelim: proteínas de origem vegetal já são importantes na dieta de veganos e vegetarianos e, agora, se apresentam em novo formato.

– Iogurtes: outro lançamento interessante é o iogurte à base de aveia, castanhas e coco, sem leite de vaca, com frutas e probióticos.

– Cúrcuma: este potente anti-inflamatorio natural é constantemente visto entre a linha de produtos das marcas. Dezenas de opções orgânicas, desde cápsulas ao pó, são facilmente encontradas.

– Cereal matinal: os famosos flakes agora ganharam uma versão saudável à base de quinoa, sem glúten, rico em proteínas e orgânico.

– Shots funcionais: já bem difundidos nos mercados americano e europeu, os shots são saborosos e apresentam sabores à base de uvas, gengibre e açaí.

– Mingau: conhecido como Porridge, o tradicional mingau de aveia ganha opções orgânicas com ingredientes extras, como maça desidratada, canela e proteínas plant based.

– Chás orgânicos: este é um produto que já vem ganhando espaço no Brasil. São produtos com embalagens inovadoras, design criativo e chás de energizantes a calmantes.

– Energéticos: com ingredientes naturais e orgânicos, esses energéticos apontam como forte tendência do mercado para 2019.

Jaca / Foto Gustavo Negrini

– Jaca: por incrível que pareça, a jaca está cada vez mais popular como uma opção de carne da terra. Sua textura garante um ótimo substituto para carne de origem animal.

– Matcha: muito popular, assim como leite de coco, este novo matcha apresenta a versão com os dois ingredientes unidos.

– Tofu orgânico: com diversos ingredientes extras, o tofu orgânico apresenta um delicioso sabor. Na foto, uma ótima opção com hemp, ingrediente utilizado por muitas empresas na Europa.

Queijo vegan / Foto Gustavo Negrini

– Queijos vegan: os queijos orgânicos à base de castanhas ganham cada vez mais espaço nas gôndolas do mercado europeu.

– Moringa: outra planta em alta é a moringa, que já pode ser vista na composição de diversos produtos, com nesta barra com proteína.

– Baobá: de origem africana, o baobá é um fruto rico em vitamina C, fibras e zinco, além de poder ser usado em associação com proteínas plant based.

– Homus: muito saboroso e já presente em uma dieta saudável, o homus pode ser encontrado em formato de chips, tornando-o uma ótima opção de snack proteico.

Maionese vegan / Foto Gustavo Negrini

– Maionese vegana: com a tendência plant based em forte crescimento, o mercado já ganha opções incrível de produtos sem origem animal, como essa maionese vegana.

– Leites vegetais: as bebidas à base de castanhas e cereais já começam a competir diretamente com leites de origem animal. Em qualquer cafeteria na Europa é possível tomar seu capuccino com leite de coco, castanha ou amêndoa.

– Sustentabilidade: uma tendência mundial vem ganhando forte espaço em todos os mercados é o Plastic Free. Essas embalagens livres de plásticos possuem importante papel para o bom futuro do ambiente.

– Comércio justo: outro ponto já muito conhecido na Europa são produtos com o símbolo fairtrade (comercio justo), que garante que o pequeno produtor está recebendo um valor justo pelo seu produto.

Se você é viajante e curte alimentação saudável, fica aqui a minha dica. A Biofach 2020 já tem data marcada e acontece de 12 a 15 de fevereiro. Para mais informações, acesse: www.biofach.de.

Quer saber um pouco mais sobre essas tendências? Fique ligado na programação do Gluten Free 2019, com uma palestra especial sobre as atualizações do mercado mundial.

*Gustavo Negrini, 40 anos, é empreendedor, fotógrafo e apaixonado por nutrição. Pioneiro em Marketing Nutricional, Gustavo está à frente da E4 Agência e de renomados eventos, como o Gluten Free Brasil.