Por que temos a sensação que nosso cérebro congela quando tomamos sorvete?

Por Korin Miller – Women’s Health EUA

Foto Shutterstock

Não há vergonha nenhuma em se acabar em um litro de sorvete, contanto que você esteja preparada para o inevitável: aquela sensação horrível de que seu cérebro está congelando.

É desconfortável, mas você provavelmente não gasta muito tempo tentando imaginar o que está causando esse incômodo. Na verdade, você está ocupada amassando seu rosto e segurando sua cabeça. Mas que tal entender o que está acontecendo e o que fazer para se sentir melhor nesses momentos?

Ok, por que exatamente o cérebro congela?

Na verdade, existe um nome científico para essa sensação de facas minúsculas e frias que apunhalam seu cérebro: ganglioneuralgia esfenopalatina. Mas vamos focar em um nome mais fácil, né? Ok, congelamento do cérebro.

“Em sua essência, o congelamento do cérebro é, na verdade, um tipo de dor de cabeça”, explica Clifford Segil, neurologista do Providence Saint John’s Health Center in Santa Monica, Califórnia (EUA).

Quando você come ou bebe algo muito frio e muito rápido, há uma drástica mudança de temperatura na parte superior da boca (o palato) e na parte de trás da garganta, fazendo com que os vasos sanguíneos se contraiam ou fechem.

Leia mais

Receita de sobremesa: pão de forma com sorvete de banana
Sorvete: 4 receitas práticas e saudáveis

“Esses vasos sanguíneos constritos também afetam a artéria cerebral anterior – um importante vaso sanguíneo que fornece sangue oxigenado para os lobos frontais do cérebro”, diz Segil.

Basicamente, seu cérebro não gosta disso, fazendo com que os receptores de dor em suas meninges (o revestimento externo de seu cérebro) se dilatem rapidamente e se contraiam. Isso desencadeia o nervo trigêmeo, que essencialmente envia sensações do seu rosto e cavidade oral para o cérebro, de acordo com o National Institutes of Health. “Seu cérebro, então, processa essas sensações como dor”, diz Segil.

Então, sim, esse é um processo longo para quem só deu uma lambida generosa no sorvete.

Dá para evitar ou amenizar a sensação de congelamento do cérebro?

Sim, mas é algo bastante óbvio: apenas não coma coisas frias tão rapidamente.
Quanto a fazer o congelamento cerebral ir embora mais rápido, também é possível. Contudo, ele costuma desaparecer rapidamente (em alguns segundos).

“Se acontecer algum episódio mais desagradável, no entanto, tente colocar a língua no céu da boca ou beber algo em temperatura ambiente para estabilizar a temperatura em sua boca, o mais rápido possível”, diz Segil. “Respirar pelo nariz pode ajudar a aquecer as coisas na boca e desacelerar o congelamento do cérebro também”, acrescenta.

Felizmente, porém, o congelamento do cérebro não é perigoso – apenas um incômodo total quando você está curtindo um sorvete.