22 fatos sobre sexo que você precisa saber

Por Anna Borges

Foto: Shutterstock.

Sempre há alguma coisa a mais para aprender sobre sexo. Na lista a seguir, você vai ler desde dicas que podem melhorar sua saúde até as coisas mais estranhas que acontecem durante a relação sexual. Nós prometemos que será muito mais divertido do que você pensa.

22 fatos sobre sexo que você precisa saber

O sexo reduz o estresse

Além de todos os benefícios físicos, pesquisas descobriram que transar acalma os nervos, diminui a pressão sanguínea e reduz o estresse. Agarre seu parceiro antes daquela apresentação no trabalho – em um estudo, participantes que fizeram sexo antes de falar em público ficaram menos estressados.

Ele pode fazer com que você se sinta melhor quando estiver doente

Estudos mostraram que a excitação e o orgasmo aceleram seu sistema imunológico. Mas por mais que isso significa que sexo pode ser bom quando você estiver se sentindo mal, saiba quando optar por caldo de galinha e uma boa noite de sono.

O lubrificante facilita o orgasmo

Se você está tendo dificuldades em gozar, seus problemas podem ser resolvidos com uma simples adição à cama: lubrificante. Cerca de 50% dos homens e mulheres que usam lubrificante disseram que ele facilita chegar a um orgasmo, de acordo com um estudo feito pelo Indiana University’s Center.

Falando de lubrificação, você pode usar óleo de coco para isso

Já sabemos que esse óleo pode ser usado para absolutamente tudo, certo? Pois pode acrescentar mais uma função: um ótimo lubrificante caseiro. É natural, dura bastante e é antifúngico. Quem diria?

Lésbicas têm os melhores orgasmos

Desculpem-nos, mulheres hétero – quando o assunto é ter um orgasmo, lésbicas ficam em primeiro lugar. Uma pesquisa que estudou a relação entre orientações sexuais e ocorrências de orgasmo descobriu que as mulheres heterossexuais tiveram orgasmo em apenas 61,6% das relações, enquanto as homossexuais chegaram ao clímax em 74,7% das vezes e bissexuais, 58%.

O sêmen tem poucas calorias

Uma colher de chá tem 36 calorias, para ser mais exata. Vai que isso era do seu interesse.

O pós-treino é realmente uma boa hora para transar

O sangue flui com mais facilidade para sua genitália após um exercício, de acordo com um estudo feito pela Universidade do Texas (EUA), fazendo com que sua função sexual funcione melhor. Sem mencionar que os seus níveis de testosterona sobem muito após um treino, então você definitivamente terá mais facilidade de entrar no clima.

Falando em se exercitar… Algumas pessoas gozam ENQUANTO estão fazendo atividades físicas

Algumas sortudas reportaram que o exercício induz o clímax, principalmente em exercícios para o core e ioga.

Quase 31% dos homens já fingiram um orgasmo

Uma pesquisa feita pelo Time Out New York descobriu que os homens também podem fingir um orgasmo. Hora de começar a questionar tudo o que você sabia sobre sexo.

O amor aprimora o sexo

Um estudo feito pela American Sociological Association descobriu que as melhores transas relatadas na pesquisa vieram de pessoas que estavam apaixonadas pelos seus parceiros.

Camisinhas não necessariamente afetam o prazer

Um estudo publicado no periódico The Journal of Sexual Medicine descobriu que homens e mulheres sentem o mesmo prazer no sexo com ou sem camisinha. Na verdade, camisinhas podem até melhorar o sexo, graças às inovações que vemos por aí.

Viajar é uma ótima oportunidade para transar

O Hostel Bookers fez uma pesquisa com 11 mil usuários sobre seus segredos sexuais de viagem e descobriu que 52% dos homens e 41% das mulheres transaram pelo menos uma vez enquanto viajavam.

Transar pode levar a… casamento

Você pode achar que fazer sexo e casar são mutuamente exclusivos, mas na verdade um terço dos casados no papel se conheceram após uma noite considerada “só sexo”, de acordo com um estudo feito pelo National Marriage Project (EUA). Tudo bem, nem todo sexo termina em casamento, mas não exclua a possibilidade.

Nipplegasms, ou melhor, orgasmo do mamilo, existe

Adicione isso à lista dos orgasmos mais doidos que você conhece. Aqui está como ele funciona: a estimulação do mamilo libera oxitocina, que pode causar contrações uterinas e vaginais associadas ao orgasmo. Isso aumenta a fluidez do sangue à genitália e, para algumas sortudas, isso quer dizer um orgasmo.

Sexo pode levar a ciclos menstruais mais regulares

Se você tem problemas com o ciclo, o sexo pode estar no topo da lista de curas para a menstruação desregulada (tudo bem, melhor consultar um ginecologista). Mas pesquisadores das Universidades de Oxford e Columbia descobriram que mulheres que transam pelo menos uma vez por semana tiveram ciclos mais regulares.

Você sente menos dor durante o sexo

Já imaginou por que coisas como tapas e puxões no cabelo não são tão doloridas no quarto? Seu limiar de dor pode aumentar significativamente durante a relação sexual, de acordo com um estudo publicado no Journal of Sex Research.

Uma em cada cinco pessoas usam seus celulares durante o sexo

Sim, você leu certo. Durante o sexo. E são adultos entre 18 e 34 anos, de acordo com um estudo feito pela Harris Interactive.

Sexo é um ótimo complemento à sua rotina de exercícios

Você provavelmente já ouviu por aí que transar conta como exercício – e depois ouviu que isso é balela. É claro que não é como levantar peso na academia, mas pesquisadores do Canadá descobriram que os níveis de intensidade durante o sexo equivaliam a praticamente dois terços dos de exercício. Ou seja, o suplemento perfeito para a sua atividade física semanal.

Muitas pessoas preferem café a sexo

A pedido da Le Méridien Hotels and Resorts, pesquisadores conduziram um estudo com mais de 7 mil pessoas e descobriram que 51% delas disseram que conseguiriam passar mais tempo sem sexo do que sem café. Claramente eles não sabem como ter um orgasmo também é um ótimo jeito de acordar mais disposto – ou talvez eles realmente amem seus cafés. (Nós compreendemos.)

O sexo pode curar suas dores de cabeça

Antes de sair correndo atrás de algum remédio para a dor, você pode tentar uma cura mais natural. Um estudo feito pela Universidade de Münster, na Alemanha, descobriu que 60% das pessoas que sofrem com enxaqueca reportam que o sexo diminui as dores.

Uma maçã por dia pode potencializar sua vida sexual

De acordo com um estudo publicado no Archives of Gynecology and Obstetrics, mulheres que comeram a fruta pelo menos uma vez por dia tiveram maior qualidade de vida sexual.

Ter um orgasmo pode melhorar sua relação com o outro

É um pouco óbvio, mas um estudo publicado no Communication Monographs descobriu que a comunicação pós-sexo é mais íntima e aberta se ambos gozarem. Chamamos isso de motivação.