Treino na esteira que modela braços e abdômen

O tempo passa devagar quando estamos sobre o aparelho, não é? Mude já essa percepção com essa série de exercícios que trabalha o corpo todo

Ture Lilligraven

Por Marissa Gainsburg e Cristina Tavelin

A esteira seria o mesmo que uma mini academia personalizada? A resposta é sim: esse equipamento é incrivelmente versátil. Tome como exemplo o circuito de exercícios de força a seguir, desenvolvido pela personal trainer norte-americana Alexia Clark. Com o uso das alças laterais, é possível trabalhar duas áreas que o treino de corrida não dá conta: a parte superior do corpo e o abdômen.

Leia mais:

TREINO EXPLOSIVO PARA GANHAR FORÇA E EMAGRECER

6 EXERCÍCIOS PARA MELHORAR A SUSTENTAÇÃO DOS QUADRIS, JOELHOS E TORNOZELOS

Com apenas um equipamento você pode aprimorar a capacidade cardíaca, a postura e esculpir músculos da cabeça aos pés. Tudo de uma só vez e sem sair do lugar. Inclua os 3 exercícios a seguir no começo e no fim da sua corrida regular na esteira. Complete com quantas repetições conseguir do primeiro exercício em 40 segundos. Em seguida, descanse por 20 segundos e vá para os outros dois. Repita a sequência inteira 3 vezes.

Elevação de joelhos

Fique de costas para o painel da esteira, e segure os apoios laterais para levantar os pés (a). Com os braços esticados, eleve as pernas até aproximar os joelhos do tórax (b). Inverta o movimento para voltar ao início. Essa é uma repetição.

Elevação dorsal

Kagan Mcleod

Comece na posição sentada, com os joelhos flexionados, e segure as alças acima de forma que as mãos fiquem alinhadas aos ombros (a). Impulsione o dorso na medida em que eleva o corpo do chão, mantendo o tórax reto (b). Inverta o movimento para retornar ao começo. Essa é uma repetição.

Flexão invertida

Kagan Mcleod

Deite na esteira com os joelhos flexionados e segure as alças para levantar o tronco na posição de uma ponte reta (a). Mantenha os quadris elevados e suba na medida em que impulsiona o tórax para frente, no sentido das mãos, pressionando as omoplatas (b). Inverta o movimento para retornar ao começo. Essa é uma repetição.

COMPARTILHAR