É uma boa ideia treinar duas vezes por dia?

Por Redação Women’s Health EUA

Treinar duas vezes por dia
Foto Shutterstock

Se você seguir muitas influencers fitness no Instagram, pode parecer que elas estão literalmente SEMPRE na academia. Certamente isso parece estar sendo ótimo para elas (olá, músculos!). Contudo, para um mero mortal, é realmente uma boa ideia treinar duas vezes por dia?

Primeira coisa: é seguro?

“Pode ser, desde que você esteja seguindo um programa estruturado e não apenas se exercite sem orientação”, explica Doug Sklar, personal trainer e fundador do estúdio de treinamento PhilanthroFIT, em Nova York (EUA).

“No entanto, se você não se dá tempo suficiente para se recuperar entre os treinos, pode acabar machucado”, completa Albert Matheny, especialista certificado em força e condicionamento do SoHo Strength Lab e da Promix Nutrition (EUA).

E não só isso. Você também pode se cansar de treinar muito. “Ainda assim, duas vezes por dia é “totalmente ok”, desde que você tenha tempo para se recuperar. Isso inclui dormir bem, comer bem e manter-se hidratado”, diz Matheny.

Leia mais

Trabalhe o corpo todo com este treino rápido com minifaixa
Aposte neste treino de 15 minutos para definir a barriga
5 variações de prancha para intensificar seu treino

Para algumas pessoas, isso pode significar um dia inteiro de descanso uma vez por semana, enquanto outras podem precisar de mais do que isso. Geralmente, no entanto, “é bom espaçar seus dias de descanso. Então, talvez, os faça na terça e na sexta-feira, ou na segunda, quarta e sexta-feira”, diz ele. “Mas isso realmente depende do indivíduo.”

Existem benefícios para quem faz dois treinos ao dia?

“Em suma, trabalhar mais pode ajudá-lo a ficar mais apto e mais rápido, se você fizer certo”, diz Jim Pivarnik, professor de cinesiologia da Michigan State University (EUA). “Isso pode ser útil em algumas situações diferentes, como aumentar sua resistência para uma competição de corrida ou natação, mas também quer trabalhar sua velocidade”, aponta ele. O mesmo acontece se você estiver treinando para um triatlo e tiver um monte de coisas diferentes nas quais precisa se concentrar.

“Outro cenário: se você está tentando construir músculos ao mesmo tempo em que aumenta sua resistência, por exemplo, dois dias por semana podem ser usados para atingir metas muito diferentes”, diz Pivarnik.

Em última análise, um “exercício de condicionamento seguido mais tarde por trabalho específico de baixa intensidade” pode ser muito útil, de acordo com Sklar. Por exemplo: se você está tentando obter um recorde pessoal em uma meia-maratona, você pode querer fazer um treino de velocidade no ritmo de corrida ou mais rápido pela manhã e fazer cinco quilômetros à noite ou um longo passeio de bicicleta relaxante .

Quais são as práticas recomendadas neste caso?

“Dois exercícios super intensos por dia provavelmente não é o caminho a seguir”, diz Matheny. Idem para fazer o mesmo treino duas vezes – você vai querer misturar coisas.

“Os treinos exatos que você deve fazer dependem dos seus objetivos, mas se você se esforçar na aula de spinning de manhã, provavelmente desejará que seu segundo treino seja ioga ou natação, bom para atingir diferentes músculos”, diz Matheny. “O principal é que, se você vai se exercitar duas vezes, os treinos devem ser diferentes e complementares.”

“Antes de tudo, escute seu corpo”, diz Pivarnik. “Se você se sentir péssimo depois de fazer dois treinos por dia, pode ter ido muito longe. Você também deve saber quantas sessões duplas você faz”, diz Matheny. Se seu objetivo é treinar assim até duas ou três vezes por semana, comece com uma por semana e veja como você se sente.

Além disso, verifique se você realmente está obtendo os resultados desejados. “Não faça mais apenas por fazer mais”, diz Matheny. “Mas, se você continuar obtendo resultados positivos, isso significa que você está fazendo tudo certo”.