Sexo: sêmen muda de gosto dependendo da alimentação?

Bebida, comida, cigarro, saiba o que pode interferir no sabor do esperma e fluídos vaginais

Por Christiane Kolb e Tarsila Isabela

Ele fala: “Quer dizer que você andou beliscando azeitonas?” pouco antes de fazê-la chegar ao sétimo céu usando a língua? Não. Então a comida não afeta diretamente o sabor dos fluidos corporais — e o segredo aqui é a palavra “diretamente”. Quem bebe muitos líquidos acaba diluindo o próprio sabor natural, que fica mais sutil. E a ideia generalizada de que suco de abacaxi pode deixar tanto o sêmen quanto os fluidos vaginais com um sabor agradável também é verdade. Mulheres diabéticas ou que consomem alimentos cheios
de glicose podem ser mais adocicadas. Mas nem tudo são flores.

Do lado negativo, álcool, cigarro, alho, frituras e tudo o que tem um sabor intenso, picante ou amargo podem afetar o sabor dos fluidos. “Mas não há estudos que demonstrem que a vagina fique com gosto dos alimentos ingeridos. Sabores diversos nunca foram evidenciados”, diz Livia. Antes de começar uma dieta sexual para otimizar o sabor lá de baixo, atenção: órgãos saudáveis e bem higienizados já têm naturalmente odor e sabor agradáveis. Preste atenção à sua saúde geral e mantenha uma alimentação balanceada.

COMPARTILHAR