Saiba como melhorar o rendimento no trabalho

Quando celulares, redes sociais e toda a tecnologia começa a atrapalhar o dia a dia

Quando celulares, redes sociais e toda a tecnologia começa a atrapalhar o dia a dia

Por Laís Barros Martins e Kate Ashford

Com tanta tecnologia às vezes fica difícil se concentrar e cumprir todas as suas tarefas de maneira satisfatória. Mas tenha calma, a WH conversou com especialistas para te dar dicas de como melhorar a concentração e, de quebra, o seu rendimento.

1E-mail

Libere a sua manhã

Cheque a caixa de entrada logo que chegar ao trabalho para se certificar de que você não perderá uma reunião marcada de última hora ou uma notícia urgente. Então deixe o e-mail de lado pelos próximos 90 minutos . “Apenas 20% dos e-mails recebidos são importantes. Ative a função que sinaliza os mais relevantes segundo suas interações recentes e, em assuntos realmente importantes, experimente substituir as mensagens eletrônicas por ligações ou encontros presenciais”, aconselha Christian Barbosa, de São Paulo, empresário e escritor especialista em administração do tempo e produtividade.

Supere as notificações

Altere as configurações para bloquear pop-ups que avisam toda vez que um e-mail novo chega, já que conferir essas notificações são atividades desnecessárias e que demandam tempo. 

2Mídias sociais

Salve para depois

Suas “pausas rápidas” para o Facebook frequentemente se transformam em uma hora? Baixe aplicativos como o Pocket (grátis, disponível para iOS e Android ou no getpocket.com) no celular ou computador. Ele permite que você salve links em um só lugar e os sincroniza com todos os seus aparelhos, para que você possa ler os artigos de notícias e testes imperdíveis depois do expediente.

Eleja uma recompensa offline

Prometer a si mesma um agrado depois de completar uma tarefa pode ser motivador. Seu cérebro não irá absorver o benefício de uma pausa se você continuar na frente do computador. Faça uma pequena caminhada ou vá buscar aquele cafezinho que você merece.

Menos janelas

Tente fechar uma aba do navegador sempre que abrir uma nova como medida para manter o foco. Pesquisas mostram que quem faz apenas uma coisa por vez é mais eficiente e melhor em tomar decisões.

Bloqueio aos vícios

Se você não tem controle quando se trata de redes sociais, instale programas que impedem o seu acesso àqueles sites que mais a atraem. Tente o Freedom (freedom.to) ou o Anti-Social (antisocial.80pct.com), que podem ser baixados diretamente no browser.

3Celular

Mantenha distância

Deixe o celular na bolsa ou na gaveta; se dar aquela olhadinha básica envolver esforço, é menos provável que você vá conferir o aparelho o tempo todo. Checar somente nos intervalos entre uma tarefa e outra ou no fim do expediente ajuda a diminuir o volume de acesso e a ser mais produtiva.

Deixe seus apps favoritos fora da tela inicial

Você foi apenas conferir o aplicativo do clima para ver se ia chover, mas o Candy Crush está ali olhando para você. Melhor evitar a tentação. Pense bem: se você for produtiva agora, terá tempo livre o suficiente para jogar à vontade quando chegar em casa.

4Reuniões

Fique em pé

Pesquisas mostram que reuniões sentadas são, em média, 34% mais longas do que aquelas feitas em pé, já que as pessoas tendem a não desviar do assunto, já que isso significaria cansar as pernas. Se você não acha essa alternativa possível na sua empresa, sugira ao seu chefe usar um cronômetro para incentivar a equipe a ser objetiva e evitar que a conversa dure mais que o combinado.

Celular fora de alcance

Além de desabilitar as notificações, mantenha o celular virado para baixo. A ação, vinda de alguém em posição de gerência, inspira os demais a fazerem o mesmo e, quando todos estão engajados, a reunião rende mais. Para não perder ligações importantes, defina um toque especial para pessoas que possam entrar em contato em emergências, mas lembre-se de deixar o volume baixo e apenas atenda quando o toque for esse.

Gerencie as reuniões

Quando o chefe convoca uma reunião, separe um tempo para se preparar sobre o assunto. Caso contrário, é provável que a conversa seja improdutiva, sem objetivos bem definidos. E incentive os colegas a fazerem o mesmo. Que tal fornecer um material relevante acessível a todos com a pauta do encontro?

COMPARTILHAR