Dicas para deixar os pratos típicos de inverno mais leves

Pedimos à nutróloga Paula Vasconcelos, do Espaço Volpi, de São Paulo, dicas práticas de como preparar versões menos calóricas de alimentos que consumimos nos dias frios

shutterstock

Sopas

Evite adicionar creme de leite ou raízes (como a mandioquinha) em cremes. Arroz e macarrão também contribuem para aumentar a quantidade de carboidratos e calorias às sopas. Prefira as sopas de legumes como abóbora, abobrinha, berinjela, chuchu, couve-flor, brócolis, e de folhas verdes escuras como espinafre e couve. Vale adicionar também uma fonte magra de proteína (carne vermelha, frango ou tofu) – nada de jogar queijo parmesão, hein?

Fondues

Salgados: utilize carne pré grelhada e  legumes como tomates cereja, palitos de cenoura e pepino são ótimas apostas. Evite calorias e gorduras extras ao adicionar maioneses, queijos ou pães como acompanhamento.

Doces: prefira misturas com mais de 50% de cacau na composição e priorize as frutas vermelhas como acompanhamento. Elas são menos calóricas, possuem mais nutrientes e antioxidantes, e baixo índice glicêmico – o que ajuda a equilibrar os níveis de açúcar no sangue.

Sobremesas

Passe longe de bolos e pavês e opte por frutas quentes e assadas, que caem bem no inverno. “Polvilhe canela sobre fatias de abacaxi, maçã ou banana para realçar o sabor e ainda receber o benefício termogênico do condimento”, indica Paula.

Leia mais:

5 ALIMENTOS QUE AJUDAM A CONTROLAR O APETITE NO INVERNO

POR QUANTO TEMPO UMA COMIDA PODE FICAR CONGELADA SEM ESTRAGAR?

 

 

 

COMPARTILHAR