Por que minhas pelinhas ao redor das unhas levantam?

Por Daley Quinn – Women’s Health EUA

Pelinhas ao redor das unhas
Foto Shutterstock

Há poucas coisas tão terríveis quanto ter que lidar com aquelas pelinhas ao redor das unhas. Elas são irritantes e doloridas, especialmente se você andou cutucando, e nós sabemos que você andou. Mas o que causa esse excesso? A dermatologista especialista em unhas Dana Stern, dos Estados Unidos, nos dá uma luz.

O que são essas pelinhas ao redor das unhas?

Para entender o que causa essas pelinhas, você precisa entender o que elas são. “Geralmente, essa pele que fica pendurada é uma parte da cutícula que foi separada”, diz ela. Quando a lateral da sua unha parece que está descascando, essa é uma pelinha.

Dana conta que sua cutícula (que funciona como um lacre para proteger a sua unha e pele de infecções) age como o reboco nos azulejos do chuveiro. Não é a melhor das analogias, mas funciona. “Sem esse lacre, água e umidade, assim como infecções, poderiam entrar mais facilmente na unha”, diz. Então, quando esse “reboco” começa a cair do “azulejo” de sua unha, lá está formada a pelinha.

Qual a causa delas?

Há alguns fatos que podem contribuir para a situação, diz Dana:

Você tem as mãos extremamente secas

Mãos e unhas ressecadas naturalmente causam as pelinhas. “Você obtém cutículas ressecadas pelas mesmas razões que tem a pele seca, ou seja, tempo muito seco ou frio, excesso de exposição à água…”, relata Dana.

Você vive cutucando as unhas

Se as suas mãos não saem da boca ou você vive cutucando os cantinhos, isso pode também fazer as pelinhas aparecerem.

Você lava demais as mãos

Ou tem um trabalho que requer que você lave muito as mãos. “As pessoas que trabalham com muitos químicos ou são expostas à água com muita frequência, como cozinheiros, bartenders, trabalhadores da saúde, etc, estão mais suscetíveis às pelinhas”, conta Dana. O mesmo vale para as mamães, que estão sempre higienizando as mãos após as trocas de fraldas. Basicamente, o que acontece é que lavar demais as mãos deixa a pele ressecada mais rapidamente, o que pode rachar a cutícula. “Algumas de nós, provavelmente por genética, estão mais suscetíveis a produzir excesso de cutícula.”

Você pode ter uma deficiência de proteína

Sua pele e suas unhas são feitas de proteína – se você não está ingerindo o suficiente, a derme pode rachar e descascar, surgindo as pelinhas. Fale com seu médico e faça exames (outros sintomas são cabelo quebradiço e fraqueza).

Leia mais

Jovem perde polegar após desenvolver câncer por morder pele dos dedos

Se você está com as pelinhas levantadas com muita frequência pode ter mais chances de adquirir uma infecção na cutícula. “Se a pele for puxada ou mordida, você pode acabar tirando uma parte saudável”, diz Dana.

Como devo tratar?

Primeira atitude: não cutuque ou morda. As chances de irritar a pele ou pegar uma infecção aumentam muito se você fizer isso.

“Passe um pouco de álcool na área, corte-a na base com a ajuda de um alicate e resista à tentação de mexer no local.”

Quer parar de ter essas pelinhas ao redor das unhas o tempo todo? Dana recomenda manter um óleo para cutículas por perto e aplicá-lo regularmente. Além de hidratar sempre as mãos.