Os brasileiros dormem menos de oito horas por noite, diz pesquisa

Certo, mas como combater esse mal?

shutterstock

por Kristen Dold e Vanessa de Oliveira com ajuda de especialistas*

Pesquisas afirmam que 79% dos brasileiros dormem menos de oito horas por noite

A QUESTÃO: Estudos realizados pelo Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente (IPOM), em São Paulo, e pela Michigan University, nos Estados Unidos, apontam que estamos indo para a cama cada vez mais tarde. Resultado: a terceira colocação no ranking de populações que passam mais tempo acordadas (perdemos apenas para Cingapura e Japão!). Por aqui, sete em cada dez pessoas afirmam ter um sono ruim ou insatisfatório.

A SOLUÇÃO: Evite o consumo noturno de alimentos ricos em substâncias estimulantes, como a cafeína. Quatro horas antes de apagar as luzes, encerre as atividades físicas. Uma hora antes de ir para a cama, desligue todos os aparelhos eletrônicos no quarto. Por último, faça um pit stop no banheiro para não precisar acordar durante a madrugada. Ah, aproveite os últimos momentos do seu dia para conversar com quem mora com você. A ciência comprova que ter alguém para trocar acontecimentos do cotidiano ajuda a relaxar e promove aquela sensação boa de acolhimento e apoio mútuo.

O sono é essencial para a saúde e para a beleza da pele: pouco adianta gastar rios de dinheiro em cremes de última geração quando se dorme menos do que o necessário. Mulheres que sofrem de privação de sono estão mais propensas a desenvolverem linhas finas, manchas e flacidez. O repouso é essencial para minimizar danos causados pela desidratação e pela radiação solar, entre outras agressões. Durma de sete a nove horas por noite (sem pressionar o rosto contra o travesseiro, se possível!).

*Especialistas: Maria Edna de Melo, endocrinologista e presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (SP), Bárbara Murayama, ginecologista e coordenadora da Clínica da Mulher do Hospital 9 de Julho (SP), Travis Stork, médico emergencista e apresentador do programa de TV norte-americano The Doctors (EUA), Andrew Ordon, cirurgião plástico, otorrinolaringologista e coapresentador do programa The Doctors (EUA), Jennifer Berman, urologista e especialista em saúde sexual da mulher (EUA), Nita Landry, ginecologista obstetra (EUA), Sonia Batra, dermatologista (EUA), Keri Glassman, nutricionista (EUA), Hannah Davis, personal trainer (EUA)

 

COMPARTILHAR