Mulher descobre gravidez na hora de dar à luz: “Não sabia até ver a cabeça”

Por Redação WH

Foto Reprodução/David Levene - The Guardian

Klara Dollan, uma inglesa de 24 anos, teve sua vida mudada do dia para a noite. O motivo? Ela descobriu que estava grávida só na hora de dar à luz!

Segundo o The Guardian, há pouco mais de três anos ela acordou para seu primeiro dia de trabalho com fortes dores, acreditando ser a aproximação de seu período menstrual. Klara já tomava pílulas anticoncepcionais sem pausa há mais de seis meses, porém havia parado duas semanas antes do ocorrido.

Pálida e tremendo, ela decidiu tomar um Paracetamol para conseguir ir ao emprego. Em seguida, pegou um ônibus e foi trabalhar. Horas depois, contudo, a inglesa estava no hospital, dando à luz uma menina completamente saudável.

Dollan entrou em trabalho de parto sozinha no banheiro de seu apartamento, depois de ter sido liberada do trabalho. Foi quando um vizinho ouviu seus gritos e chamou uma ambulância. Quando Klara ligou para sua mãe e disse-lhe para ir à maternidade, a resposta foi: “Mas você não estava grávida esta manhã!”

“Amelia, agora com três anos, foi uma ‘surpresa completa’”, disse ela ao The Guardian. Surpresa, esta, que muitos lutam para acreditar.

Como ela poderia não saber que estava grávida?

Uma questão mais pertinente pode ser: por que ela pensaria que estava? Klara tinha terminado com o namorado (o pai de Amelia) cinco meses antes de sua filha nascer, e ela estava acostumada a não ficar menstruada. Ela ganhou um pouco de peso, mas atribuiu isso ao rompimento.

Foto Reprodução/Facebook

Uma foto feita no espelho mostra como ela estava aos sete meses e meio de gestação. “Não havia nada aparecendo. Eu não estava sentindo. Eu não tinha sintomas, desejos, náusea… Nada. Eu estava fora do ciclo da minha gravidez.”

Na verdade, a primeira vez em que ela pensou que poderia estar grávida foi justamente quando estava dando à luz. “Meu corpo estava apenas me dizendo para afastar a dor. Então vi uma cabeça saindo. Eu não poderia dizer a você o que pensei na hora, honestamente. Eu estava em choque absoluto.”

Leia mais

Mulher com dois úteros dá à luz gêmeos um mês após ter primeiro filho
Mulher dá à luz seis bebês em apenas nove minutos

Este ocorrido é conhecido como “gravidez enigmática” e acontece em cerca de uma a cada 2500 gestações, segundo um artigo publicado em 2002 no British Medical Journal.

“Este não é um fenômeno particularmente incomum”, diz Helen Cheyne, professora de obstetrícia da Unidade de Pesquisa de Enfermagem, Obstetrícia e Profissionais de Saúde da University of Stirling, na Escócia. “É raro – mas não tanto. Nos círculos de obstetrícia e ginecologia se você não se deparar com uma gravidez enigmática, não é raro conhecer alguém – ou alguém que conhece alguém – que já viu.”

Embora a pesquisa seja escassa – como se poderia esperar, dado o elemento fundamental de surpresa – Cheyne diz que gestações enigmáticas foram registradas em todo o mundo, datando de séculos atrás. De fato, era mais compreensível quando os diagnósticos da gravidez dependiam de indicadores como perda de menstruação e náuseas. Com testes modernos altamente precisos, Cheyne afirma que “é muito fácil diagnosticar a gravidez – se você espera estar grávida”.