Mulher descobre DIU perdido no abdômen 11 anos após procedimento

Por Ana Paula Ferreira

Foto Reprodução/New York Post

Depois do nascimento de seu filho mais novo, em 2007, a americana Melinda Nichols decidiu usar DIU como método contraceptivo. Contudo, algumas semanas após o procedimento de introdução do dispositivo, ela voltou ao médico para ver se estava tudo bem, mas o exame de raio x mostrou que o DIU tinha sumido do seu corpo.

De acordo com o jornal New York Post, ela questionou se isso não seria algo a ser notado por ela. Os médicos, por sua vez, asseguraram que isso pode acontecer sem aviso prévio e sugeriram que ela escolhesse outro método contraceptivo. Assim, ela optou por uma ligadura de trompas.

Leia mais

7 efeitos colaterais do DIU de cobre que você precisa conhecer
6 coisas que você precisa saber sobre sexo com DIU

Onze anos depois, em uma visita ao médico por conta de dor nas costas, Melinda foi surpreendida ao passar por um raio X abdominal. “Você precisa ligar para o seu obstetra”, o médico disse a ela. “Seu DIU está em um lugar estranho.”

A radiografia mostrou que o implante aparentemente perfurou o colo do útero e migrou para a cavidade abdominal. “Eu não fazia ideia disso”, contou ela ao New York Post.

Como é possível “perder” o DIU?

De acordo com Stephen Chasen, especialista em medicina materno-fetal da Weill Cornell Medicine & NewYork-Presbyterian (EUA), a “migração” do DIU acontece devido à perfuração da parede uterina.

Isso pode ocorrer durante o processo de inserção em casos de profissionais inexperientes. Ou, então, o DIU pode desgastar uma parte do útero e acabar indo para algum lugar do abdômen. Isso acontece com cerca de uma em cada mil mulheres com DIU.

“Nestes casos de desgaste, não está claro por que isso acontece ou se pode ou não ser evitado”, explicou Chasen.

Ele disse também que o deslocamento do dispositivo não oferece grandes riscos, a não ser uma gravidez indesejada. Além disso, é provável que a mulher sentirá uma dor abdominal. “Eu tinha essa dor estranha, mas não pensava muito nisso. Você não vai ao médico só porque tem uma dor estranha de vez em quando”, relembrou Melinda.

Processo de remoção do DIU

Recentemente, a mulher passou por um processo de laparoscopia para retirar o DIU. Usando câmeras, os cirurgiões exploraram seus órgãos em busca do implante.

Vale ressaltar que o DIU não é o único contraceptivo que pode “desaparecer” no corpo. Em novembro de 2018, um relatório apontou que os implantes Nexplanon – geralmente inseridos logo abaixo da pele do braço – estavam aparecendo nos pulmões, tórax e artérias vitais de alguns pacientes.

“Certifique-se se você usa algo assim. Se os médicos disserem que caiu, garanta que eles tenham certeza de que realmente caiu!”, aconselha Melinda.