Mamilos invertidos: por que você deve (ou não) se preocupar

Por Aryelle Siclait – Women’s Health EUA

Mamilos invertidos
Foto Shutterstock

Algumas coisas na vida são absolutamente certas: o céu é azul, sorvete é incrível e mamilos sempre apontam para fora… Certo? Sim, definitivamente, para dois primeiros. Mas quanto aos mamilos? Talvez não.

Veja bem. Enquanto a maioria dos mamilos ficam para fora (oi, farol aceso!), é totalmente possível tê-los recuados para dentro. Mas isso é totalmente normal em alguns casos. Já outros, é possível que seus seios estejam tentando te indicar algo que é melhor você ouvir!

Espere, o que exatamente são mamilos invertidos?

Basicamente, eles são mamilos que parecem estar retraídos no peito, em vez de apontar para fora.
“Menos de 5% das pessoas nascem com mamilos invertidos”, aponta Stephanie Downs-Canner, médica e professora assistente de cirurgia oncológica da mama na University of North Carolina (EUA).

Isso pode acontecer quando os ductos lactíferos de seus mamilos – responsáveis por distribuir leite para a superfície – são encurtados ou não completamente desenvolvidos, acabando por recuar no mamilo. “Nestes casos, a direção dos mamilos não é necessariamente indicativa de nada”, completa ela.

Leia mais

12 razões pelas quais você pode estar sentindo coceira no peito
Oi? Mulheres estão passando pasta de dente nos seios para aumentá-los
5 sinais de câncer de mama que não têm nada a ver com caroços

No entanto, se seus mamilos sempre foram para fora, e agora eles de repente se tornaram invertidos, isso pode ser uma bandeira vermelha.

Bem, o que causa mamilos invertidos? Eu devo me preocupar?

Novamente, se seus mamilos sempre foram invertidos, fique tranquila. Caso contrário, uma das primeiras coisas que Downs-Canner verifica quando encontra um mamilo recém-invertido é a possibilidade de um câncer subjacente. Por esse motivo, ela enfatiza a consulta a um médico no momento em que você perceber a retração, para aumentar suas chances de detecção precoce.

Contudo, uma mudança repentina nos mamilos é algo que deve ser verificado, e não considerado direto um diagnóstico de câncer. “As mulheres também podem ter mamilos invertidos ou retraídos se tiveram muitas infecções de mama”, explica Downs-Canner. “Mastite – uma inflamação do tecido mamário, causada principalmente pela amamentação – é um exemplo de uma dessas infecções que podem causar mamilos retraídos”, completa a profissional.

Outra causa benigna de inversão de mamilos: ectasia ou obstrução do ducto de leite. “Acontece quando os ductos da mama tornam-se frequentemente bloqueados ou entupidos”, diz ela. Mas é bom saber que você pode ter um ducto de leite entupido mesmo se não estiver amamentando. “Pode acontecer a qualquer um e a qualquer momento.”

Bem, há algo que eu possa fazer sobre mamilos invertidos?

Dependendo da causa, o mamilo pode aparecer novamente. “Após o tratamento para uma infecção na mama, por exemplo, há uma boa chance de seus mamilos voltarem às suas posturas originais”, diz Downs-Canner.

“Para aquelas nascidas com mamilos invertidos, a cirurgia plástica pode ajudar a fazê-los sobressair”, indica a profissiolnal. No entanto, muitas pessoas optam por não fazer isso quando não é clinicamente necessário. “A maioria das pessoas que nascem com mamilos invertidos normalmente não procuram cirurgia plástica”, diz ela.

“Mais uma coisa: quando se trata de amamentar com mamilos invertidos, isso também é totalmente viável”, garante Downs-Canner. Nestes casos, talvez só seja preciso um pouco mais de paciência e a ajuda de um consultor de lactação.