Descubra como conseguir o formato ideal para suas sobrancelhas

Os dois traços acima dos seus olhos fazem toda a diferença. Veja como colocar suas sobrancelhas em reabilitação – seja qual for a necessidade delas

shutterstock

Por Juliana Vaz

O poder das sobrancelhas é real: um estudo realizado pelo M.I.T – Massachusetts Institute of Technology (EUA) concluiu que elas são o traço mais marcante para reconhecer a fisionomia de alguém. De acordo com a pesquisa, elas são também o atributo que mais transparece emoção.

Não é à toa que surgem cada vez mais produtos e serviços para dar a devida atenção a esse acessório facial tão importante. Ouvimos diversas mulheres e selecionamos as principais reclamações sobre a definição das sobrancelhas. Descubra quais são e quais as estratégias inovadoras para lidar com esses incômodos.

Minha sobrancelha é… falhada

Tratamento: definir o desenho e estimular o crescimento

O método com pinça é um favorito na hora de desenhar as sobrancelhas, mas basta retirar um fiozinho a mais para o resultado virar um pesadelo. Ao invés de afinar a sobrancelha mais grossa para que se assemelhe à mais fina, a ideia desenvolvida pelo grupo Sobrancelhas Design é de recuperar os fios perdidos, estimulando o crescimento. A técnica define o desenho ideal, considerando sua sobrancelha original (sem se preocupar em adaptá-lo àquela parte que, aparentemente, não cresce mais) e a harmonia do rosto. A partir daí, a profissional indica em quais pontos você deve passar, duas vezes ao dia, o Sérum Plus Brow & Lash (R$ 85*, da marca própria do salão, a SD Makeup). Ele possui extratos nanoencapsulados de jojoba, alcaçuz, ginseng, cominho preto, pimenta-preta, bordana, vitaminas do complexo B e aminoácidos – uma fórmula que age diretamente nos folículos capilares adormecidos, garantindo os fios de volta em um a três meses.

Enquanto espera os pelos crescerem, disfarce as falhas com o Gel tonalizante para sobrancelhas (R$ 59*, também da SD Makeup), que também possui os mesmos ativos, estimulando o crescimento enquanto cobre as imperfeições.

Minha sobrancelha é… indisciplinada

Tratamento: aparar e segurar no lugar

Nos Bares de Sobrancelhas da marca Benefit, a designer especialista mapeia a sobrancelha e define seus pontos chave: onde ela deve iniciar, onde começa o arco e onde ela deve terminar, tudo levando em consideração o formato dos olhos, nariz, têmporas, além da altura e simetria dos arcos.

Após definir as marcações, cliente e especialista decidem o design ideal. “Muitas mulheres querem aquela sobrancelha ‘de vilã’, bem arqueada. Se esse não é o formato mais harmonioso, o resultado será artificial. Explicamos isso e chegamos ao meio termo”, diz Mariana Ishizaka, maquiadora oficial e expert de sobrancelhas da Benefit na América do Sul.

Mas, antes de iniciar, é preciso “limpar” a área. “Os pelinhos ao redor das sobrancelhas fazem uma ´sombra´ ao redor dos olhos. Ao retirá-los, a face fica mais iluminada na hora”. Para isso, a profissional indica a cera, método eleito pela marca. Segundo passo? Igualar a altura dos pelos, utilizando um pente fino e uma tesoura. Depois de fazer o desenho com a pinça, mantenha os fios rebeldes no lugar com um gel.

Socorro! Minha sobrancelha é… assimétrica

Tratamento: tingir e maquiar

Se você simplesmente nasceu uma vítima desse problema, já deve saber que preenchê-las com make faz toda a diferença. Mas é difícil ficar com uma aparência natural quando o lápis que você usa para disfaçar a assimetria parece chamar mais atenção que os fios em si. Para deixar os pelos mais marcados e a maquiagem em segundo plano, a tintura semi-permanente é uma boa aposta. “A coloração dura até três semanas e deve ser feita com extratos vegetais, para evitar irritações”, diz Fernanda Barriviera, diretora técnica do Grupo Sobrancelhas Design de Fortaleza (CE).

O tom ideal segue a cor natural da raiz dos cabelos. Apesar da tinta parecer mais escura nos primeiros dias, ela vai desbotando conforme a higienização do rosto. O retoque deve ser feito com no mínimo quinze dias de intervalo.

Já marcou os fios? Pronto, agora pode apostar no lápis para igualar o desenho das duas sobrancelhas. Tente o lápis de sobrancelha Universal, da Eudora (R$ 27*), que fica bem tanto em loiras quanto morenas. Como a make vai na parte externa da sobrancelha, passe o lápis em pequenas linhas que imitam os fios, iniciando sempre de dentro para fora.

Socorro! Minha sobrancelha é… dispersa

Tratamento: micropigmentação (e investigar a causa)

Ao contrário da tatuagem, que atinge camadas profundas e é permanente, a micropigmentação chega apenas às faixas mais superficiais da pele e dura de um ano e meio a dois.

O método mais atual é o 3D, que, ao contrário da técnica que pinta um bloco de cor abaixo das sobrancelhas, ou do microblanding, que desenha fio a fio, o 3D cria apenas uma sombra leve entre os pelos, que vai clareando a medida que chega nas beiradas, dando a impressão de que sua sobrancelha é naturalmente mais preenchida. Só não esqueça de escolher uma profissional certificada e de seguir à risca os cuidados após o procedimento, evitando ácidos e tônicos e usando bastante protetor solar.

“A técnica é muito segura, mas é importante retocar sempre se quiser manter o efeito inicial”, diz Tati Donadio, especialista em micropigmentação do Studio W, de Alphavile (SP). Enquanto não chega a hora de voltar ao salão, invista em uma máscara com cor, como a máscara de sobrancelhas BROWDrama, da Maybelline (R$ 42*), que vai depositar pigmentos não apenas nos fios, mas também entre eles.

Mas, se seus fios ficaram dispersos de uma hora para outra, é preciso investigar o problema. A desaceleração do metabolismo geralmente após os 30 anos de idade impacta de forma natural a densidade e quantidade de fios, mas há também a possibilidade de problemas de saúde estarem causando a queda, como a alopecia frontal fibrosante. “A condição foi diagnosticada pela primeira vez em 1994, o que é considerado recente na ciência. No entanto, a reclamação vem crescendo nos consultórios”, diz a dermatologista Aline Donati, da clínica DermaHair, de São Paulo. Um dos primeiros sinais da doença é justamente a perda dos fios da sobrancelha e, ao evoluir, afeta a parte frontal do couro cabeludo. A condição pode ser controlada com a intervenção de um especialista. Só garanta que suas visitas ao dermatologista estejam em dia!

*valores pesquisados em fevereiro de 2017

 

 

COMPARTILHAR