Espuma no xixi? Conheça 8 motivos para isso acontecer

Por Sarah Bradley – Women’s Health EUA

Espuma no xixi
Foto Shutterstock

É muito fácil ignorar completamente seu xixi se tudo está rolando conforme o previsto (urina clarinha e cheiro característico). Mas quando algo foge da normalidade, como um odor muito forte ou se você olha para o vaso sanitário e o líquido está extremamente amarelo, aquela pulga corre para atrás da orelha. E isso é bom porque o seu xixi pode falar muito sobre a sua saúde geral.

Se a sua urina tem a cor de uma cerveja pilsen, por exemplo, significa que você, definitivamente, precisa beber mais água. Porém, se ela está turva, pode ser sinal de alguma infecção por bactéria. Mas e se o xixi está com espuma? Alguma coisa está acontecendo, certo? Eis o que você precisa saber se esse for seu caso.

1. Você pode ter um jato urinário muito potente

É sério. “Apresentar algumas bolhas na urina é normal e isso pode acontecer dependendo de quão rápido é o seu jato urinário e se está longe do vaso sanitário”, diz Yaakov Liss, nefrologista de Nova York.
(Para sua informação: um sistema urinário normal despeja cerca de 15 mililitros por segundo – não que essa seja uma informação importante, mas interessante, vai dizer?). Honestamente, se o seu xixi parece apresentar mais bolhas que o comum, ele pode simplesmente ter saído em um jato mais potente, enfatiza Liss.

2. Seus rins não estão funcionando como deveriam

O trabalho dos seus rins é filtrar o sangue e substâncias na proteína da urina. Especificamente, quando seu xixi parece muito espumoso, pode ser devido ao excesso de proteína, que sinaliza que algo não vai muito bem.

Leia mais

Fazer muito xixi é algo que eu deva me preocupar?
8 razões pelos quais você está fazendo xixi turvo
Fazer xixi com sangue deve ser um motivo de preocupação?

“Em circunstâncias normais, os filtros do rim não permitem que as moléculas de proteína do sangue acabem na urina”, explica Liss. “Um aumento na proteína da urina é geralmente evidência de algum problema nos filtros renais.”

Com frequência, a urina com espuma é apenas um dos sintomas de um rim com problemas – outros sinais incluem inchaço por retenção de líquidos e ganho de peso. Se você está com algum desses sintomas, é hora de marcar uma consulta.

3. Você está desidratada

Água é uma das substâncias encontradas na urina (dã!), então, quando você não bebe o suficiente, o resultado pode ser um xixi com espuma. “Quanto mais desidratada está uma pessoa, mais concentrada está a urina, pois o organismo tenta conservar a água”, conta Liss. Isso resulta em espuma porque mais substâncias são excretadas em um menor volume de água. Se observar urina espumosa, experimente aumentar a ingestão de água para ver se há melhora.

4. Você pode ter diabetes ou hipertensão

A proteína na urina também está envolvida nesses casos. Ambas as condições – diabetes, que afeta os níveis de insulina do corpo, e a hipertensão (pressão alta) – podem interferir na irrigação sanguínea para os rins, ocasiando problemas no seu funcionamento. “Essa pressão aumentada leva a danos ao rim e, como consequência, proteína na urina”, explica Liss. O resultado, mais uma vez, é espuma no xixi.

É importante dizer que tanto o diabetes quando a hipertensão também possuem outros sintomas. Diabetes geralmente vem acompanhada de aumento da frequência de micção e muita sede. Já a hipertensão pode se manifestar com dores no peito e falta de ar. Se você está vivenciando estes sintomas junto com urina espumosa, marque uma consulta com seu médico.

5. Infecção crônica

Infecções crônicas, como a hepatite ou o HIV também podem causar excesso de proteína na urina, diz Liss. Algumas delas podem atacar diretamente os filtros renais, outras causam inflamações que afetam o funcionamento dos rins. Se você possui alguma desses doenças e tem visto sua urina com espuma, vale bater um papo com o médico para ele pedir exames e checar se há excesso de proteína na urina.

6. Você tem o hábito de tomar remédios para dor

Se tem tomado analgésicos por algum tempo e sua urina parece mais espumosa que o normal, esses comprimidos podem levar a culpa. Liss diz que alguns deles tem como efeito níveis altos de proteína na urina. Para piorar: às vezes essas pílulas podem resultar em reações alérgicas que causam inflamação nos seus rins.

Não é uma boa ideia se automedicar para a dor por um longo período. Então, se você está tomando comprimidos para tal fim, é importante checar com seu médico se está tudo bem.

7. Você tem uma doença autoimune

Condições autoimunes também colocam pressão nos rins, causando danos no sistema de filtragem. “Similares a infecções virais crônicas, doenças automunes pode fazer com que a proteína acabe na urina por meio do próprio sistema imunológico da paciente, que, erroneamente, acaba atacando os filtros renais da própria paciente”, diz Liss, que enfatiza que essas condições podem ser exclusivas nos rins ou sistêmicas, como o lúpus.

Sintomas de condições autoimunes variam, mas apresentam muitas coisas em comum entre elas: fadiga, dores nas articulações e uma febrícula que vai e volta, por exemplo. Então, se você apresenta urina espumosa e não tem se sentido muito bem nos últimos tempos, vale consultar um médico.

8. Você tem um tipo de câncer no sangue

Mieloma múltiplo, especificamente um câncer que se forma nas células plasmáticas no seu sangue – pode acarretar em mais proteína na urina (e fazer com que ela fique espumosa). De acordo com Liss, anticorpos produzidos como resultado da doença podem ser muito tóxicos para os filtros renais.

Mas, honestamente, isso é bem raro: Segundo a American Cancer Society (EUA), o mieloma múltiplo é um tipo incomum de câncer – e que prevalece em pessoas com mais de 65 anos.