Musculação para mulheres: 4 dúvidas que você ainda não teve resposta

Por Ana Paula Ferreira

Créditos: Shutterstock

Por mais que a musculação para mulheres tenha se tornado uma atividade muito procurada e praticada por aquelas que querem cuidar tanto do corpo quanto da saúde, algumas questões a respeito da modalidade ainda geram dúvidas.

Para esclarecer algumas perguntas comuns entre o público feminino que gosta de puxar ferro, consultamos Luis Eduardo Pereira, professor da rede de academias Biofisic, em Itajubá, Minas Gerais. Confira a seguir!

1. O corpo fica masculinizado?

Não. O que pode ocorrer com a falta de musculação é um maior acúmulo de gordura, principalmente no tronco e braços. “A modalidade deixa o corpo da mulher enxuto, e nem que ela queira, é possível ter músculos como os homens, de forma natural. A contrução de uma montanha de músculo depende da ação da testosterona, hormônio tipicamente musculino, que as mulheres possuem em pequena quantidade, irrisória para alterar de forma drástica a massa muscular”, explica Pereira.

2. Dá para emagrecer de verdade?

Não são só as atividade aeróbicas que estimulam o emagrecimento, uma vez que a construção dos músculos também tem papel importante na perda de gordura. O profissional explica que o metabolismo (processo de transformação dos alimentos em energia) fica mais acelerado com o aumento da massa muscular, mesmo em estado de repouso. Quanto mais massa muscular, mais acelerado fica o metabolismo. “Portanto, musculação e dieta formam uma dupla da qual não se deve abrir mão quando o objetivo é emagrecer.”

Leia mais:
Você precisa fazer musculação?
5 passos para amar o treino de musculação
Quadril: 4 motivos para exercitar melhor essa região

3. É possível conseguir bons resultados treinando apenas 20 ou 30 minutos?

Sim. O que valida o treinamento é sua intensidade. Melhor fazer um treino mais puxado por pouco tempo, mais vezes durante a semana, do que treinar uma hora, dois dias apenas. “A musculatura precisa de estímulos diários e descanso na sequência para se desenvolver satisfatoriamente. E em 30 minutos é possível treinar toda a musculatura, desde que você respeite o tempo exato de pausa, entre cada série de exercícios na musculação”, diz Luís Eduardo. “Se fizer três séries de doze repetições de cada exercício, com um minuto de intervalo entre cada série, você consegue realizar, em 30 minutos, seis ou sete exercícios diários de musculação. Levando em consideração que você demore 30 segundos para fazer cada série. Isso está de bom tamanho e derruba a desculpa de que você não tem muito tempo para treinar”, justifica Pereira.

4. Para se ter pernas torneadas é preciso focar mais em exercícios para essa região?

Não, porque pernas e glúteos definidos e fortes dependem também de um bom condicionamento da parte superior do corpo. “É impossível realizar corretamente um agachamento, visando deixar as pernas mais torneadas, ainda mais com grande sobrecarga, se os músculos de toda a região de costas, que dão sustentação à coluna, não estiverem fortalecidos”, explica o profissional. “E é importante que todos os músculos do corpo estejam equilibrados, inclusive os que dão sustentação às articulações, para que não haja lesões e para que sejam realizados exercícios mais desafiadores para pernas.”