Afinal, dormir com cachorro não faz mal para sua saúde?

Por Samantha Fry – Women’s Health EUA

Dormir com cachorro faz mal a saúde?
Foto Shutterstock

Todas as noites, uma mistura de dálmatas e blue heeler de 45 quilos e três anos compartilha a cama comigo. Nós mantemos esse ritual de dormir juntas por anos. Contudo, recentemente, me peguei pensando em algo: será que dormir com cachorro faz mal para minha saúde?

Isso me veio à cabeça quando estávamos brincando lá fora e ela cortou a orelha. Eu a levei para dentro para poder limpar a ferida. Imediatamente, ela entrou no meu quarto e pulou na minha cama, espalhando sangue por todo meu edredom.

Enquanto esfregava o sangue do tecido, percebi que meu cachorro era nojento. Ela brinca na terra, mastiga as unhas, come vômito de gato, pega cocô e bebe água do vaso sanitário. E eu estou compartilhando minha cama com ela todas as noites. Seria realmente saudável para mim dormir com meu cachorro na mesma cama?

Leia mais

Adotar um animal pode ser mais benéfico do que você imagina
Meu corpo real: leitora conta como superou a depressão

Eu pesquisei “dormir com seu cão não é saudável” e tive resultados conflitantes. Alguns sites diziam que estava tudo bem, enquanto outros não recomendavam isso. Mas os resultados foram principalmente de blogueiros de cães – não exatamente um grupo de pessoas que eu queria confiar minha saúde.

Então decidi fazer minha própria pesquisa. Liguei para Jack Gilbert, médico e diretor do Microbiome Center da Universidade de Chicago (EUA) https://microbiome.uchicago.edu/directory/jack-gilbert, especialista em assuntos relacionados a germes. Sua resposta foi que compartilhar a cama com seu cachorro não é saudável – mas apenas em alguns casos.

Por exemplo, você não deve deixar seu cão dormir na sua cama se você for um pouco alérgico, disse ele. “Seu sistema imunológico está preparado para reagir de forma exagerada às substâncias alérgenas”, diz ele. Com isso, sua cama se torna um epicentro de alérgenos. Você, por sua vez, respira essas partículas nocivas por oito horas a cada noite, e isso pode prejudicar sua saúde.

De fato, um estudo realizado na Coréia descobriu que camundongos expostos a alérgenos por um período prolongado apresentaram altos níveis de inflamação prejudicial.

Pode parecer óbvio evitar o contato com cães se você é alérgico a eles, mas as alergias a animais são muito mais comuns do que você pensa. Mais da metade da população tem esse problema, de acordo com a Asma and Allergy Foundation of America (EUA).

A boa notícia: não tenho alergias. Mas é só isso mesmo?

Os cachorros costumam se revirar à noite, o que pode interromper ou fazer você perder o sono. O sono deficiente está associado a tudo, desde comer mais a desempenho atlético reduzido. As pessoas que dormiam apenas cinco horas por noite comiam mais calorias por dia do que as que dormiam oito horas, de acordo com pesquisadores da Clínica Mayo (EUA). Além disso, atletas profissionais que não dormem o suficiente tendem a ter carreiras mais curtas, de acordo com pesquisadores da Martha Jefferson Sleep Medicine Center (EUA).

Felizmente, meu cachorro não me acorda à noite, então eu não corria o risco de sofrer efeitos negativos na saúde por causa da falta de sono. Na verdade, suspeito que meu cachorro me ajude a dormir melhor – e quando pesquisei um pouco mais, descobri que não estou sozinha. Mais do que o dobro de pessoas afirmam que seus cães os ajudam a dormir do que as pessoas que dizem que seus cães atrapalham o sono, de acordo com um estudo publicado na revista Mayo Clinic Proceedings (EUA).

Isso pode ser porque os animais de estimação têm efeitos positivos no bem-estar psicológico e físico, o que ajuda a moldar a forma como regulamos nossas emoções e lidamos com o estresse. Pesquisadores da University of Missouri-Columbia (EUA) descobriram que interagir com seu animal de estimação faz com que o cérebro libere oxitocina, o hormônio do bem-estar. Resumindo: animais de estimação te deixam bem. Quanto maior o vínculo, maior o efeito.

Mas e os germes que eles trazem para casa?

Se lembra que isso também era uma preocupação minha? Acontece que eles podem realmente ser bons para mim. Cães elevam a contagem de bactérias em sua casa, de acordo com pesquisadores da University of Colorado (EUA). Mas nem todas as bactérias são “ruins”.

De fato, a exposição a muitos tipos de bactérias pode ajudar a fortalecer seu sistema imunológico, o que pode ajudá-la a afastar doenças e até mesmo a manter um peso saudável e bom humor. O médico Jack Gilbert, por exemplo, diz que realizou um estudo que descobriu que crianças que cresceram com animais de fazenda tinham taxas mais baixas de algumas doenças autoimunes. Ele diz que ter um cachorro em casa é a próxima melhor coisa.

É por isso que meu cachorro ficará na minha cama nos próximos anos. Além disso, não imagino outro jeito de tê-la comigo.