Ciência encontrou mais um motivo para você morar perto do verde

Áreas arborizadas são bem mais que paisagens bonitas nas cidades

shutterstock

De acordo com estudo recém publicado no Environmental Health, a pressão sanguínea de pessoas que viviam em geolocalizações pouco arborizadas e trânsito intenso durante a infância é mais alta que aquelas que viviam em áreas residenciais mais verdes, nos primeiros anos de vida.  Excluindo os fatores de risco, os autores do estudo sugerem que os principais mecanismos são a poluição do ar, o barulho e o estresse.

Leia mais:

INSÔNIA POR ESTRESSE: COMO RESOLVER ESSE PROBLEMA

 

COMPARTILHAR