8 benefícios do óleo de rosa mosqueta para a sua pele

Por Daley Quinn – Women’s Health EUA

benefícios do óleo de rosa mosqueta
Foto Shutterstock

Você não pode andar por uma loja de produtos de beleza nos dias de hoje sem ver, pelo menos, uma dúzia de diferentes tipos de óleos. Jojoba, argan, óleo de coco… Mas você não deveria passar por aquele óleo de rosa mosqueta sem dar uma atenção extra.

A primeira coisa que você deve saber: o óleo de rosa mosqueta não é extraído de uma rosa adulta. Em vez disso, ele “é extraído das sementes da fruta selvagem rosa mosqueta, que é uma planta cultivada no Chile, mas também pode ser encontrada em outras partes do mundo”, diz Melissa K. Levin, dermatologista de Nova York (EUA). “Originalmente, era usado pelos maias e nativos americanos por suas propriedades curativas.”

Leia mais

Oi? Famosas aderem tratamento facial feito com pele do pênis
Você pode realmente usar o óleo de coco para tratar a acne?

“Ele tem uma alta proporção de ácido linoleico, alfa-linolênico e oleico, bem como tocoferol e carotenóides. Essa combinação torna útil como um anti-inflamatório e antioxidante para neutralizar o estresse oxidativo”, explica ela.

Então, sim, os benefícios do óleo de rosa mosqueta são reais. Aqui estão alguns deles:

8 benefícios do óleo de rosa mosqueta

1. Ele hidrata sua pele

“Muitas pessoas que usam regularmente óleo de rosa mosqueta notam que sua pele está menos seca. Isso faz sentido devido aos ácidos graxos livres, incluindo o ácido linoléico, que são encontrados neste produto”, diz Suneel Chilukuri, médica fundadora da Refresh Dermatology em Houston. Howe acrescenta que o ácido linoléico é um componente essencial das ceramidas, o principal elemento hidratante da pele.

2. É anti-envelhecimento

O alto nível de vitamina C, por si só, confere ao óleo de rosa mosqueta um potente efeito antienvelhecimento. “A atividade antioxidante da vitamina C protege e repara os danos causados pelos raios UV e ajuda a reduzir as rugas”, diz Kenneth Howe, dermatologista da Wexler Dermatology, com sede em Nova York. Além disso, os carotenóides, que são compostos do tipo vitamina A que regulam o turnover da pele, “levam a uma pele mais brilhante e mais uniforme”, diz Howe.

3. Ela ilumina a pele

A vitamina C do óleo de rosa mosqueta tem demonstrado “reduzir efetivamente a hiperpigmentação e clarear a pele”, explica Chilukuri.

4. Pode promover a cura

Tente aplicá-lo naquela cicatriz que simplesmente não desaparece da sua perna. Algumas pesquisas preliminares sobre células da pele em um laboratório mostram que o óleo de rosa mosqueta “melhorou efetivamente as cicatrizes”.

O produto ajuda a estimular “os macrófagos a mudar para uma forma que promova uma boa cicatrização”, diz Howe.

5. É antibacteriano

Os fenóis do óleo de rosa mosqueta têm propriedades antibacterianas, antivirais e antifúngicas. “Desde que o óleo não seja irritante para os pacientes com pele propensa ao eczema, este produto pode beneficiá-los tanto na hidratação da pele quanto na prevenção de infecções comumente vistas em eczema”, diz Chilukuri.

6. Pode ajudar a reduzir a pigmentação da pele

Os retinóides do óleo de rosa mosqueta, como o ácido trans-retinóico, ajudam a clarear o pigmento. “Eles também aceleram a maturação e a rotatividade das células, o que resulta em um efeito geral de brilho”, diz Howe.

7. Combate a acne

“Os retinóides exercem um efeito semelhante ao Retin-A, regulando o turnover celular de tal forma que reduz o entupimento folicular e a formação de cravos”, explica Howe. Os efeitos antiinflamatórios do óleo de rosa mosqueta acalmam a vermelhidão e reduzem os cistos também.

8. Pode ajudar com estrias

Um estudo recente analisou um creme de prevenção que continha óleo de rosa mosqueta. Surpreendentemente, “as mulheres que usaram durante toda a gravidez tinham menor probabilidade de desenvolver estrias, e as que já tinham descoberto que elas não pioravam”, explica Howe. Ei, vale a tentativa!