5 questões que você deveria fazer para o seu treinador

Por Amy Roberts

De tempos em tempos lá está você, mais uma vez, tirando as medidas e mudando o plano de treino. Quanto tempo gasto com piadinhas (ou silêncio), quando você poderia estar aproveitando preciosos minutos fazendo perguntas que realmente agreguem na sua rotina de treinamento.  Para tirar o máximo desses encontros, a personal trainer americana Amy Roberts lista cinco questões que você deve fazer ao seu instrutor:

Quanto tempo eu vou levar para atingir meus objetivos?
Enquanto não existe um resposta genérica para essa pergunta, o treinador será capaz de apresentar a você uma linha do tempo básica na qual você verá seus resultados. “É importante descartar qualquer expectativa irreal que você possa ter sobre suas conquistas nas próximas semanas ou nos próximos meses,” diz a personal trainer Polly Monson, dona do NYC’s Central Sweat, dos Estados Unidos. Além disso, um treinador pode explicar por que perder gordura, ganhar massa muscular ou melhorar sua pressão sanguínea ou os níveis de colesterol pode demorar esse tempo – isso se o programa também incluir nutricionista.

O que você acha que está faltando em minha rotina?
Treinadores experientes podem encontrar os buracos em seu treino e em sua dieta, e apontar onde você pode estar falhando. “A resposta vai depender da avaliação do instrutor sobre seu nível atual de condicionamento e hábitos diários, principalmente no que você diz a ele, então seja honesta”, diz Monson.

Minha postura é boa quando eu faço [insira o nome do exercício aqui]?
Qualquer balanço minucioso do seu desempenho deveria incluir uma avaliação sobre as posturas durante a realização dos movimentos, na qual o treinador assiste você fazer alguns exercícios básicos, dá um feedback e mostra o que deve corrigir. Essa é a hora em que você usa seu treinador como um espelho para reparar qualquer desequilíbrio muscular ou outras peculiaridades corporais que tiver e corrigi-las. Assim, não continuará cometendo os mesmos erros no futuro.

O que esse exercício faz por mim e onde eu deve sentir doer quando o realizo?
A primeira pergunta está relacionada à ideia de treinar por um motivo – se você disser à sua instrutora que é uma grande jogadora de tênis, deve esperar que ela indique alguns exercícios para melhorar seu desempenho no jogo. E se não tem certeza de que está fazendo alguma coisa certa, mesmo depois de alguma correção na postura, a segunda parte da pergunta tirará sua dúvida. Em último caso, simplesmente foque sua atenção nos músculos que devem ser fortalecidos para fazer alguma diferença.